Controladoria Geral da União reconhece nova/sb por cases de ética

Agência é pioneira no setor de propaganda por adotar programas de integridade em toda sua cadeia de negócios

Reprodução

A nova/sb foi reconhecida pela Controladoria Geral da União (CGU) por dois cases de integridade e transparência nos negócios, que passam a fazer parte das áreas de avaliação das boas práticas das empresas participantes do Prêmio Pró-Ética no site da instituição.

A agência é a única do setor de publicidade a receber o selo Pró-Ética nas duas edições do evento, realizadas em 2016 e 2017, e pioneira na adoção de programas de integridade entre as empresas de Comunicação e Propaganda, que têm como objetivo de estimular mudanças no mercado e envolver fornecedores e prestadores de serviços em regras de compliance.

Para a categoria Comprometimento da Alta Direção e Compromisso com a Ética, o Prêmio destaca o desenvolvimento de política de transparência em licitações e um canal público de denúncias feito pela nova/sb, cujo balanço detalhado está disponível no site da agência.

A CGU reforça também a ação ‘Café com Compliance’ dentro da categoria Transparência e Responsabilidade. A iniciativa promove encontros entre a direção da agência com seus mais diversos públicos (gráticas, produtoras, veículos de comunicação e clientes, por exemplo) para apresentar o Programa de Integridade e comunicar a necessidade de adequação de todos às regras implementadas.

Confira os vídeo cases:

“Entendemos que os valores da transparência e de prestação de contas à sociedade não se limitam às entidades e órgãos da administração pública, cabendo também a todos que atuam em benefício do interesse público”, explica Bob Vieira da Costa, sócio fundador da nova/sb.

Realizado pela CGU em parceria com o Instituto Ethos, o Prêmio Pró-Ética avalia as práticas das empresas e concede o selo de empresa exemplo de política de transparência e responsabilidade social às que possuem programas estruturados de integridade corporativa e boas práticas de prevenção e combate à corrupção. Em 2018 o Prêmio teve o calendário estendido e as inscrições prorrogadas para este mês de janeiro. 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações