Edição 2018 da Happy Art Parade vai explorar Emojis

Artistas interessados em participar da exposição devem "interpretar" a felicidade

Estão abertas até o próximo dia 15 as inscrições para artistas interessados em participar da Happy Art Parade. Quem quiser pode entrar no site e apresentar seu projeto, que deve girar em torno dos Emojis. A ideia é conectar arte à realidade moderna. Por isso, o ícone foi escolhido para representar a exposição deste ano.

Reconhecidas mundialmente por expressar e compartilhar emoções com suas feições, as famosas “carinhas felizes” vão servir de telas para os artistas estamparem a sua interpretação sobre a felicidade.

A proposta da ação, que tem apoio da Colgate e do Ministério da Cultura, é que artistas selecionados para o evento ofereçam para a população uma releitura dos Emojis, agregando arte e cultura à cidade de São Paulo.

Serão 60 obras espalhadas por São Paulo, que devem despertar surpresas, emoções e alegria. A partir da segunda quinzena de agosto, a exposição chega à cidade e convida a todos para compartilharem suas reações com a exposição que mescla a expressão artística com a linguagem tecnológica.

Ao final do projeto, as esculturas serão destinadas para o tradicional leilão beneficente, mas dessa vez com uma novidade: a peça estará customizada de forma a poder se dividir em duas partes.
Ou seja, quem arrematar a peça pode escolher mantê-la no formato original ou ter um Emoji e uma obra de arte para utilizar separadamente.

A Happy Art Parade é realizada pela Toptrends, a detentora do licenciamento da CowParade Holding e dos direitos de realizar a versão brasileira do maior evento de arte de rua do mundo. A empresa tem conquistado o mercado brasileiro com sua expertise no desenvolvimento de projetos de marketing cultural.

Desde 2005, já realizou dez edições da CowParade em todo o Brasil. Também produziu diversas exposições itinerantes pelo país como a Rinomania, mostra de rinocerontes decorados em comemoração aos 60 anos da Duratex; a Call Parade, que transformou 100 telefones públicos da capital paulista num suporte original para obras de arte a pedido da Telefônica/Vivo; a Big Heart Parade, que reuniu 78 corações customizados por arquitetos da Casa Cor 2013; e a Mônica Parade, que homenageou, em 2014, os 50 anos da personagem, levando 50 esculturas às ruas de São Paulo, fruto da parceria entre a editora Panini e a Maurício de Sousa Produções.

Leia mais
Football Parade tem 70 bolas gigantes personalizadas em SP
Jornal faz primeira 'Horse Parade’ da publicidade em São Paulo

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações