Elephant Parade chega às ruas do Rio de Janeiro

Amarula e Suvinil são algumas das marcas envolvidas no projeto que vai espalhar 66 elefantes pela cidade

Depois de passar por 26 cidades em 17 países, a Elephant Parade chega às ruas da cidade do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (1),  com 66 estátuas customizadas por grandes artistas nacionais e adotadas por algumas marcas. Esta será uma das maiores exposições de arte ao ar livre da história da cidade, com esculturas no tamanho real de um bebê elefante, que ao final serão leiloadas para ajudar instituições locais, projetos de preservação dos elefantes e os artistas participantes.

Entre as marcas envolvidas  estão a Suvinil, dentro do projeto "Suvinil Além da Cor", que tem como objetivo apoiar iniciativas que tragam benefícios à sociedade, transformando a vida das pessoas.  A marca "adotou" oito elefantes: as obras Elephant in WonderLand (Rogério Fernandes), Que seja doce (Érica Morais), Steampunk (Ricardo Dantas), Fantástico (Renan Cristian), Suhki (Babi Wrobel), Jasmim Manga (Flow), Ô abre alas, que eu quero brincar (Levi Cintra) e Tributo a Van Gogh (Dionéia Israel Fraga). Elas estarão, por exemplo, no  Bondinho Pão de Açúcar, no BarraShopping e na Praça Mauá, próximo ao AcquaRio, no centro. 

Já a marca de licor Amarula, do grupo Distell, e sua agência Espalhe MSL, realizam, em parceria com a ONG Santuário dos Elefantes, uma ação para chamar a atenção para os maus tratos aos animais:  sete elefantinhos foram, literalmente, acorrentados.  Segundo informações da ONG, em torno de 50 elefantes permanecem em cativeiro de forma precária na América do Sul.  São animais usados nos circos e moradores de zoológicos, locais onde ficam acorrentados ou expostos em espaços muito pequenos para o seu tamanho e sua necessidade de movimentação.

“O problema dos elefantes atualmente não está no radar das pessoas. No mundo, a cada 15 minutos um elefante é morto pelo marfim e, no Brasil, muitos ainda vivem aprisionados. O objetivo desta ação é duplo: dar visibilidade para esta causa tão importante e apoiar o Santuário, de quem somos parceiros, na arrecadação de fundos para resgatar elefantes e levá-los para a sede do projeto na Chapada dos Guimarães", diz Theo Leal, Gerente de Marketing da Distell na América Latina. Ao final da Elephant Parade, as sete obras patrocinadas serão leiloadas e o dinheiro  destinado ao Santuário, para ajudar no resgate de mais elefantes. A ação convida as pessoas a tirarem fotos com as esculturas e postarem nas redes sociais junto à hashtag #CoraçãodeElefante, para ampliar a conscientização para o problema.  Entre os locais escolhidos para receber a intervenção estão o Pão de Açúcar, na Urca, Parque dos Patins e Parque das Taboas, na Lagoa, Avenida Vieira Souto, Avenida Atlântica, Leblon e Arcos da Lapa.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações