Heineken “desbloqueia” Vila dos Ingleses para campanha Cities

Programação convida a transformar o espaço público da cidade

Conhecida por abrigar os engenheiros que ajudaram a construir a tradicional Estação da Luz, na capital paulista, há mais de século, a Vila dos Ingleses terá suas portas abertas pela primeira vez para outro tipo de público. Entre o dia 17 de fevereiro a 11 de março, o espaço receberá o projeto Heineken Block, que prevê programação cultural gratuita sempre nos fins de semana. O projeto foi idealizado e realizado pela agência Hands. 

Divulgação

Segundo Vanessa Brandão, diretora da marca Heineken, a iniciativa foi inspirada na tendência das block parties que têm tomado as ruas de grandes cidades como Londres e Nova York. A ideia é semelhante e tem objetivo de receber o público para celebrar a cidade ao ar livre. A ativação faz parte da campanha global Cities, em que a marca busca inspirar os consumidores a transformar de maneira positiva o espaço público. “Quando levamos as pessoas aos principais rooftops da cidade, em anos anteriores, queríamos mostrar ângulos que elas não tinham visto ainda. Este ano a campanha diz muito sobre transformação do espaço que vivemos”, ressalta Vanessa.

A executiva explica que muito além de uma festa, o evento tem objetivo de ressignificar o espaço urbano e como ele pode ser aproveitado pelo público. Nesse sentido, estão previstas diversas ativações, como a presença de artistas plásticos para intervenções na vila durante os quatro fins de semana do evento. O artista Tiago Mordiz, por exemplo, vai customizar objetos pessoais levados pelos consumidores. Já no Vinyl Lab, o público poderá acompanhar o próprio vinil ser prensado na hora com músicas tocadas no dia. O grupo As Bahias e a Cozinha Mineira, Emicida e o grupo de jazz Chaiss são alguns dos nomes confirmados.

O projeto também contará com a produção da maior obra de arte colaborativa da cidade. Os consumidores serão convidados a criar lambe-lambes nos dias de festa. No último fim de semana do projeto, as peças serão combinadas pelo coletivo de arte SHN e, então, instalados em uma grande empena ao lado da Vila dos Ingleses. A obra de arte colaborativa ficará como legado para a cidade. “Mais do que ocupar o espaço público, vamos deixar uma contribuição artística e construir a maior empena colaborativa do Brasil. Essa arte conta a história do início da arte urbana, quando não havia a tecnologia do spray e tudo era feito com rolinho de tinta. Essa empena com os lambe-lambe representa o início da arte urbana em São Paulo”, destaca Vanessa. Completando a experiência do projeto, os consumidores poderão degustar drinks e hambúrgueres que utilizam cerveja na receita. Os comes e bebes estarão à venda por preços populares em parceria com a lanchonete Meats e o truck bar Baron. 

Divulgação

“No final das contas, o consumidor vai escolher o que for mais marcante. Ele busca qualidade, mas acima de tudo uma marca que condiz com seus valores. E marcas memoráveis. A gente acredita nas boas histórias e as construimos junto com o consumidor”, defende Vanessa sobre os investimentos da Heineken em projetos de branding. Para participar das atrações do Heineken Block os consumidores devem se inscrever pelo site do projeto. Cada inscrição dá direito a um acompanhante. Só lembrando que e a entrada está sujeita a lotação máxima de 400 pessoas. As listas são abertas sempre às quintas-feiras.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações