Itaú renova programa Bike Sampa

Projeto em parceria com Prefeitura de SP e Tembici apresenta novidades como integração a cinco terminais de ônibus

O sistema de bike sharing Bike Sampa, que é patrocinado pelo Itaú, passa a funcionar de uma forma diferente a partir desta terça-feira (30). As novidades foram apresentadas em um evento com a presença de representantes do banco, da Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo, que apoia a iniciativa, e a da Tembeci, operadora do sistema.

As 25 primeiras estações e 250 bicicletas estão à disposição da população nessa etapa primeira etapa. A implantação completa do sistema será realizada até o fim do semestre, com a instalação de 260 estações e 2.600 bikes. 

O Itaú patrocina o Bike Sampa desde 2012. Atualmente, o sistema conta com cerca de 800 mil usuários cadastrados, que já realizaram mais de 2,4 milhões de viagens.  O objetivo da troca do sistema é tornar a experiência do compartilhamento de bicicleta na capital paulistana mais segura, confortável, eficiente e sustentável. “É uma nova fase do Bike Sampa que se inicia, com equipamentos e tecnologias inovadoras. Esse momento é mais uma demonstração do quanto nós acreditamos na causa da mobilidade urbana e na relevância que as bicicletas podem ter como meio de transporte nas cidades”, afirma Luciana Nicola, superintendente de relações governamentais e institucionais do Itaú Unibanco.

Divulgação


As principais mudanças nas estações de retirada de bicicletas são o novo layout, abastecimento por painéis solares, o aumento de vagas para uma média de 18 e uma interface de pagamento digital. Nas bicicletas, as novidades são o design (mais leves, robustas e ergonômicas, segundo o banco), a cesta adaptável ao tamanho da bagagem de mão, sistema de freio de rolete (para freadas mais seguras), marcha para três velocidades, refletores iluminados e trava anti-furto. Já o aplicativo permite ao ciclista, agora, planejar o passeio, marcar estações favoritas, registrar viagens com GPS, encontrar rota para o destino (com distância e elevação). Além, claro, de pagar para desbloquear a bicicleta e encontrar as estações mais próximas.

 

Como funciona o novo modelo

 O sistema será pago através dos planos Diário (R$ 8), Mensal (R$ 20) e Anual (R$ 160). Antes, a primeira hora de uso era grátis, com cobranças adicionais a cada novo período de uso.

Os novos planos poderão ser adquiridos via cartão de crédito ou dinheiro, e as bicicletas poderão ser retiradas por aplicativo, cartão de transporte ou cartão de usuário. Haverá também a possibilidade de o usuário não cadastrado no sistema comprar o plano diretamente nas estações com totem de atendimento. A compra de um plano dará direito a viagens ilimitadas de até 60 minutos, com intervalos de 15 minutos entre elas. Caso as viagens tenham mais que 60 minutos, e a regra do intervalo não for respeitada, os excedentes serão tarifados em 5 reais a cada uma hora excedente.

 
Outra novidade: o Estação Bike disponibilizará 500 bicicletas distribuídas em cinco terminais de ônibus: Itaquera, Tatuapé, Capelinha, Jabaquara e Cachoeirinha. A previsão é que duas estações desse modelo estejam disponíveis para a população até 2 de março.  O usuário que retirar uma bike em uma dessas estações poderá usá-la por até 12 horas consecutivas. Ou seja, será possível ir com ela para casa, após o retorno do trabalho, e devolvê-la no dia seguinte na mesma estação.

O site de cadastro é www.bikeitau.com.br e o sistema pode ser utilizado também pelo aplicativo Bike Itaú e pontos físicos de atendimento.

Divulgação


Leia mais:

Itaú abre terceiro bicicletário público em São Paulo

Interbrand revela marcas brasileiras mais valiosas de 2017

Campanha da DM9 para Itaú tem um filme por dia

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações