Lições do mercado de fast fashion para o marketing promocional

Assim como as grandes varejistas da moda adotaram o modelo rápido de renovação das roupas e o transformaram em um grande diferencial, o mercado de brindes está começando a trilhar o mesmo caminho. Antecipar tendências e dinamizar estoques deu um novo fôlego ao setor, que começa o segundo semestre mais aquecido e com estimativa de crescimento de 3% em relação a 2016. As fast fashion conhecem como ninguém seus consumidores e não param de estudar suas mudanças de comportamento. Tirar proveito desta tendência nas ações promocionais é possível. Veja algumas dicas:

  •  Compre produtos variados para atender um mercado em constante mudança;
  • Segmente o seu público por lifestyle, não assuma que só porque seu consumidor gosta de cerveja, que o brinde ideal é uma caneca de chopp. Quais outras atividades ele gosta? Seja criativo;
  • Pergunte ao fornecedor quais as tendências em produtos promocionais, em sua grande maioria, as empresas sabem quais produtos estão chegando e quais os mais desejados;
  • Faça campanhas promocionais de ciclo curto e mais frequentes, assim você estará em contato com seu consumidor o ano todo;
  • Analise qual foi o brinde de maior sucesso nas campanhas e crie uma linha renovável, como, por exemplo, copos com temas variados e que são lançados no mercado mensalmente.

Antigamente, grandes campanhas promocionais, com anúncio em TV e rádio e brindes genéricos, daqueles que servem para “qualquer um” eram constantes. Atualmente vale mais a pena conhecer o seu consumidor e traçar campanhas segmentadas, que aproximem a sua marca dele. Para que o consumidor escolha a sua marca, ele tem que se sentir a vontade com ela, tem que querer fazer “parte da família”. As empresas têm que pensar além do usual, têm que cativar o seu consumidor.

Por que uma marca de cerveja não pode oferecer como brinde uma xícara de café? Ou uma empresa de tecnologia presentear com uma bela bolsa térmica? Os brindes precisam criar um elo e gerar uma lembrança, pois eles irão garantir um contato constante com a marca no dia a dia da pessoa.

Já passou a hora de as marcas entenderem que apresentar um desconto ou oferecer um boné com a marca estampada não fideliza e tampouco desperta o desejo de possuí-lo. O consumidor tem que se sentir especial e não um outdoor ambulante de uma marca.

Para cativar é preciso desenvolver empatia, criar uma conexão emocional. Essa é a essência do marketing promocional, que tem imenso potencial para ajudar as empresas a reagir à grave crise econômica e política, utilizando brindes para se promover, estabelecer vínculos com seus clientes e assim, alavancar suas vendas.

Thais De Vitto, diretora de Novos Negócios da Forma Promocional, empresa promotora e organizadora da feira Brazil Promotion

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações