Oracle prevê investir mais na imagem da marca

Objetivo é reforçar para o mercado que a companhia tem soluções em cloud de A a Z, para negócios em todas as áreas

A Oracle, gigante mundial de tecnologia, afirma que um dos focos este ano é investir em marketing e na imagem da marca. O objetivo é reforçar para o mercado que a companhia tem soluções em cloud de A a Z, para negócios em todas as áreas. No Brasil, a Oracle está com um novo CEO (Rodrigo Galvão, que chamou a atenção do mundo corporativo pela pouca idade, 35 anos), e novo vice-presidente de marketing, João Nunes. Nesta entrevista, Nunes destaca que a estratégia de comunicação é apostar em storytelling. “Estamos com uma campanha na América Latina cujo mote é It is Your Time, que mostra que esse é o momento de o cliente transformar seu negócio e a Oracle ajuda nisso. A gente utiliza de casos de sucesso para contar essa história para o mercado”.

Divulgação

CLOUD
A Oracle nasceu como uma empresa de tecnologia, focada num banco de dados, mas vem ao longo das últimas décadas se transformando muito e hoje tem um portfólio que vai desde uma plataforma de hardware para os clientes até soluções de cloud computing de infra-estrutura, recursos humanos ou até mesmo aplicações de negócios. Uma das nossas fortalezas é permitir que o cliente tenha uma solução acessível e integrada. O marketing, por exemplo, é uma área muito forte. E com o cloud, a gente passou a oferecer soluções que antes eram restritas a grandes companhias para pequenas e médias empresas também.

DESAFIOS
Do ponto de vista de marketing, tenho desafios importantes em relação ao posicionamento da marca. O objetivo é mostrar que a Oracle é uma empresa acessível, principalmente entre as pequenas e médias empresas. E mesmo com as grandes companhias, eu tenho muito cliente com uma visão da Oracle do passado, com a imagem de uma empresa simplesmente focada em  tecnologia. Eu preciso contar uma história para mostrar toda a abrangência do nosso portfólio. Fazer com que a mensagem não chegue só ao CIO, mas também ao CMO, na pessoa de RH, CFO, porque temos essa abrangência para oferecer soluções para todas essas áreas de negócios. Estamos focados num storytelling direcionado para o cliente, menos na Oracle, que já teve campanhas associadas ao Iron Man, que tinha o objetivo de mostrar toda a robustez da marca. Mas, agora, a gente está cada vez mais num momento de transformar nossa marca em uma marca mais humana. Nosso posicionamento é ser o facilitador para que o cliente alcance sucesso no seu negócio e não ser o grande protagonista. O protagonista nesse cenário é o próprio cliente.

CAMPANHA
Estamos com uma campanha na América Latina cujo mote é It is Your Time, que mostra justamente que esse é o momento do cliente transformar o seu negócio. Se o cliente está num momento de transformação digital de sua empresa, a gente acaba amarrando com o nosso momento de fazer a transformação digital. A gente utiliza de casos de sucesso para contar essa história para o mercado. A criação é da Momentum. Temos ideia de fechar o ano com essa campanha conectando com a campanha global, que é a Tomorrow, Today, com a ideia de mostrar que, por meio das soluções Oracle, o cliente pode ter essa transformação hoje. A ideia é que a gente evolua a mensagem e conecte as duas coisas, sempre mantendo o cliente como o grande protagonista. A gente precisa fazer mais esse storytelling, porque temos muitas histórias legais de clientes de sucesso. Acredito que tem de melhorar a forma como a gente está contando isso para o mercado. Estamos bem focados numa estratégia de mídia digital.

MERCADO PUBLICITÁRIO
A Oracle também enxerga o mercado publicitário como um grande cliente. Temos um portfólio de soluções para marketing muito interessante. Aproximar-se da área de publicidade com ações como em Cannes vai permitir com que a gente não só transforme a forma com que esse mercado nos vê, mas que também entenda o potencial da nossa plataforma e eventualmmente utilize das nossas soluções.

EXPECTATIVAS
As perspectivas são muito boas para a América Latina e Brasil, principalmente. A gente nota a economia se reaquecendo e começa a ver sinais bem positivos disso. E estamos num momento muito bom da Oracle no Brasil, com uma nova gestão do Rodrigo Galvão bastante focada no cliente e nos profissionais da casa. Acho que isso pode ser visto em alguns investimentos importantes que a Oracle fez no país, como os próprios data centers. Temos oito lugares no mundo que fazem aceleração de startups e São Paulo foi escolhido como um deles.

Leia mais
Cem maiores anunciantes do mundo investiram US$ 267 bilhões em 2016
Estrelas do pop usam tecnologia da Oracle para compor música

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações