Sephora celebra cinco anos no Brasil

Rede de produtos de beleza aposta na força das redes sociais e no atendimento personalizado para fidelizar clientes

É só passar em frente a uma loja da Sephora para sentir os aromas que misturam os mais variados produtos de beleza e perfumaria, de diferentes marcas e funções. E há quem resista, mas o sistema livre de experimentação dos produtos tem o objetivo de não deixar ninguém sair da loja de mãos vazias.

Em julho de 2017 a rede completa cinco anos da primeira loja inaugurada no Brasil. A estreia aconteceu com uma unidade do JK Iguatemi em 2012 e, de lá para cá, já somam 24 lojas em dez Estados e no Distrito Federal. A operação, entretanto, começou via e-commerce, por meio da loja virtual Sack’s, fator que vem mantendo a marca acessível para todo o Brasil.

Divulgação

A expansão para a América Latina foi iniciada pelo México, mas a marca já dita tendências em outros 33 país. A história da rede começou 1969 quando Dominique Mandonnaud e sua esposa Isabella abriram uma pequena loja de perfumes na cidade de Limoges, na França. A ideia surgiu de uma insatisfação do empresário sobre a forma como as fragrâncias eram vendidas, sempre em lojas de departamento sem atendimento personalizado.

Em 1979, Mandonnaud ofereceu o formato self-service com perfumes e cosméticos organizados por marcas e categorias, prontos para serem experimentados pelos clientes. A loja Shop 8 revolucionou o mercado ao proporcionar o teste de produtos sem custo algum. Com o sucesso, o empresário comprou uma rede de oito lojas em Paris, e implementou o mesmo formato da Shop 8.

O grande passo para se transformar em uma gigante dos cosméticos foi em 1993, quando o empresário comprou as 38 lojas da Sephora, rede de perfumes criada pelo grupo britânico Boots em 1970. Foi então que todas as lojas com o sistema self-service passaram a se chamar Sephora.

O grupo LVMH, que controla marcas como Louis Vuitton, Dior e Moët Chandon, comprou a rede em 1997 e, no ano seguinte, inaugurou a primeira loja em Nova York, nos Estados Unidos. Apostando em uma estratégia de atendimento personalidade e com consultoria, além de oferecer marcas e produtos exclusivos, a rede expandiu suas unidades e hoje tem 2.300 lojas em 33 países.

Flavia Bittencourt, presidente da Sephora Brasil, foi uma das anfitriãs da festa de comemoração que reuniu convidados na unidade do Shopping Eldorado, em São Paulo, na noite da última quinta-feira (20). Durante o evento, a presidente anunciou o posicionamento "Beauty Power Turn It On", que deve nortear a marca nos próximos anos. 

De acordo com ela, a experiência de estar no Brasil tem sido incrível e o sucesso da chegada das marcas, que agitam o mercado quando ainda são novidade, se tornam constantes no país. E o segredo é um só: a paixão das brasileiras por beleza.

Divulgação

“Nós não fazemos anúncio. Trabalhamos com rede sociais e dentro da nossa própria loja com eventos, masterclass, conversas com blogueiras. É uma experiência que acontece aqui dentro. A nossa vida é essa. Então é menos propaganda tradicional e muito mais conversas com a comunidade das apaixonadas por beleza”, explica Flavia.

O Brasil tem um fator, de acordo com a executiva, que não existe em nenhum outro lugar do mundo. “Aqui existe equilíbrio entre todas as categorias. Quando a gente fala que a brasileira é apaixonada por beleza, ela é apaixonada como um todo. Nos EUA é muito puxado para a maquiagem, na Ásia é tratamento de pele, Europa sempre foi muito para a fragrância e agora está mudando. A brasileira é apaixonada por cabelo, por perfume, maquiagem, cuidado com a pele, não tem o que ela não goste”.

Os motivos de tanta dedicação, explica Flavia, está no clima brasileiro, muito úmido, onde se tem uma preocupação grande com o sol, ao mesmo tempo em que se seguem todas as tendências de beleza e muitas blogueiras.  O lançamento do programa de fidelidade da rede no país , o Beauty Club, foi realizado em 2015 e já atingiu 1 milhão de participantes. A novidade para o próximo mês é a chegada da fragrância de Tom Ford para as prateleiras brasileiras e a expectativa é expandir, ainda mais, as experiências com marcas que ainda não estão no Brasil.

Confira algumas fotos da noite: 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações