Campanha #ElaDecide conscientiza mulheres sobre direitos

Iniciativa da ONU tem apoio de organizações do setor privado

O Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), agência de desenvolvimento da ONU, lançou na última quinta-feira (26) a campanha "Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro".

O movimento tem apoio de organizações do setor privado. O objetivo é conscientizar mulheres e adolescentes sobre o direito de tomar decisões sobre sua sexualidade, gravidez, filhos e maternidade.

Na campanha, as atrizes Juliana Alves e Bella Piero, as youtubers Gabi Oliveira, do canal DePretas, e Juliana Tolezano, a Jout Jout gravaram vídeos falando das próprias experiências relacionadas à saúde sexual e reprodutiva. Além de informações e materiais da campanha, o site ElaDecide.org tem informações sobre métodos contraceptivos e tirar dúvidas sobre sexualidade.

A iniciativa é uma ação da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos no Brasil, liderado pelo Unfpa. O grupo é composto pela Embaixada dos Países Baixos, além das empresas Bayer, MSD, Semina e Instituto Ethos. Além desses integrantes, apoiam a campanha outras instituições, como Reckitt Benckiser, Laboratório Sabin, Magazine Luíza, SESC São Paulo e Movimento Mulher 360.

O movimento defende a urgência da sociedade combater os altos índices de gestações não planejadas, de mortes em decorrência de complicações durante a gravidez, o parto e o pós-parto e a elevação da incidência de infecções de DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

Leia mais
"More Grls" cobra maior representatividade da mulher na publicidade
ONU defende fim da violência com campanha "Vidas Negras"

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações