Coletivo empodera comunicadores negros no Instagram

Perfil pretende desenvolver capital social, cultural e profissional para publicitários

istock/PeopleImages

Algumas iniciativas de grandes agências visam a inclusão de profissionais negros no mercado publicitário. É o caso do programa 20/20 da JWT, Kennedys, da Wieden+Kennedy, entre outros. Além de parceiras especializadas em levar profissionais para várias companhias, como Empregueafro, WallJobs e Empodera. O mais novo esforço neste sentido é o Instagram do grupo Publicitários Negros, coletivo que nasceu em 2017 com o objetivo de desenvolver capital social, cultural e profissional.

"As companhias vêm buscando profissionais negros em diversas escalas para que estes possam trazer novas referências para os negócios. A maneira mais barata e eficaz ainda é a indicação. Por isso pensamos em capital social", explica Aquiles Borges, um dos idealizadores do projeto.

Segundo o publicitário, optando por comunicadores negros as marcas poderão atingir de forma sensível um público com grande volume populacional e de compras que é a comunidade negra. "Criando capital cultural estes profissionais negros podem contribuir e agregar valor para as empresas", analisa.

Além disso, no grupo, profissionais mais novos podem desenvolver o capital profissional se conectando com figuras mais experientes, obtendo dicas e orientações.

Nomes como Ian Black, Raphaela Antonio, Samantha Almeida, Caio Costa, Felipe Silva, entre outros, fazem parte da iniciativa.

Inicialmente, o grupo estava apenas no Facebook e WhatsApp. A criação do Instagram pretende facilitar a divulgação de profissionais negros.

Confira:

View this post on Instagram

Com mais de 12 anos de experiência em redação publicitária, hoje Jessica é responsável pelas estratégias de comunicação e produção de conteúdo para as empresas atendidas pela Morya Comunicação. Formada em Publicidade e Propaganda pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (Esamc) e Especialização em Estudos Culturais, Histórias e Linguagens, crê que o futuro da comunicação vai muito além do modelo tradicional que é ensinado nas academias atualmente, principalmente no que tange o olhar multicultural. Por isso, busca qualificação através de métodos diferentes e outras fontes de conteúdo que sejam valiosas para a construção das marcas que trabalha.

A post shared by Publicitários Negros (@publicitariosnegros) on

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações