iCode traduz cardápios por tablets e celulares

Empresa usa QR Code para oferecer soluções a turistas

Meta é estar em 100 restaurantes até o fim de 2013

 

A perspectiva de que o Brasil receberá milhares de turistas durante a Copa do Mundo 2014 e as Olimpíadas 2016 motivou os empresários Rodolfo Parisi e Matias Tino a lançarem a iCode, startup que desenvolveu um sistema de tradução de cardápios para estrangeiros que tenham dificuldades com o português.

A solução apresentada pela empresa se baseia na leitura de QR Codes, códigos de barras bidimensionais reconhecidos por celulares e tablets. A iCode traduz todo o cardápio do restaurante e o hospeda em seus servidores, fornecendo um código para ser disponibilizado pelo estabelecimento. Quando os clientes escaneiam o código, o cardápio aparece completamente traduzido em seu aparelho.

A empresa deu início às operações há um mês e tem parcerias fechadas com três restaurantes de São Paulo. A meta, porém, é expandir os negócios para outros estados. "Acreditamos que a iCode tem potencial para estar presente em todos os estados brasileiros. O verão brasileiro traz uma quantidade enorme de estrangeiros e os restaurantes ainda não estão preparados para isso. Até dezembro de 2013 pretendemos estar presentes em mais de 100 restaurantes”, declara Parisi.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações