Zeppelin e Perestroika criam laboratório Mission Control

Plataforma pretende ajudar marcas a traçar estratégias

Divulgação

A Zeppelin, em parceria com a Perestroika, lançou o Mission Control. Segundo os fundadores, esse é o primeiro laboratório aberto de visualização de dados para análise em tempo real do Brasil. Desenvolvido pelo cientista de dados Ricardo Cappra, o Mission Control funciona como uma plataforma aberta para uso de agências e empresas de todo o Brasil.

Liderado pela consultora Letícia Pozza, o Mission Control está instalado em uma sala estilo high tech bunker, equipada com seis telões com diferentes dashboards para visualização dos dados. O trabalho começa com um briefing com perguntas bem específicas sobre o que o cliente quer saber para ter o objetivo da missão. Depois de 24 horas é feita a reunião na qual o cliente pode ver o monitoramento das redes sociais.

A experiência do usuário dura em média quatro horas, com pesquisas específicas sobre o seu negócio. “O cliente vê, ao vivo, tudo o que estão falando no ambiente digital sobre sua marca ou seu produto e também da concorrência”, conta Letícia.

O Mission Control é um centro de comando orientado por estatísticas matemáticas que coleta dados e informações abertas em várias fontes, incluindo Google, Google Analytics, Facebook, Twitter e Instagram. As informações são apresentadas de forma visual para apoiar a tomada de decisão. “Criamos um algoritmo que organiza e transforma esses números em informações qualificadas”, explica Cappra.

A ideia, segundo Letícia, é proporcionar meios para que as empresas consigam definir suas estratégias de comunicação e relacionamento com o mercado a partir do comportamento do seu consumidor. “As informações ajudam de várias formas, desde ter insights de ação, como também montar projetos de inteligência competitiva, visualizar perfis de consumo, realizar brainstorms orientados por dados, monitorar a reputação da marca e gerenciar crises”, diz.

“Não temos as respostas certas e nem queremos ter. A gente quer evidenciar o que os dados mostram e facilitar a tomada de decisão. A partir daí, é uma cocriação. Depois da experiência, o cliente sai com os insights prontos para transformá-los em ações. Nós entregamos as ferramentas”, fala Letícia.

As informações são apresentadas em seis produtos diferentes: exploratório, analítico, criativo, performance, audiência e crise. Conforme a necessidade, o cliente pode optar entre quatro formatos: sessões avulsas, semanais, quinzenais e mensais. “As decisões passam a ser tomadas com base em números e dados objetivos e não apenas por intuição”, reforça Letícia. “A informação é qualificada quando é entregue para pessoa certa. Ensinamos a empresa a gerar a cultura de olhar para os dados”, finaliza.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações