Brasil
França

Veja todos os finalistas da categoria Titanium

Candidatos a ideia do ano mostram que marcas precisam de coragem para fazer a diferença

Titanium
Reprodução/Youtube

Na última terça-feira (4), Cannes Lions divulgou os finalistas em três categorias, incluindo Titanium, troféu que celebra a ideia do ano no festival.

PROPMARK compila abaixo os 20 finalistas da categoria com uma breve explicação sobre cada uma delas. Confira:

Sacrifique tudo

Um dos cases mais aclamados dos últimos anos chega com força em Cannes. A Nike resolveu promover aqueles que sonham. Mesmo que tal sonho signifique sacrificar tudo. Não é todo vídeo case que começa com consumidores queimando produtos da marca. Assinatura é da Wieden+Kennedy de Portland.

Peça um Whopper no McDonald's

"The Whopper Detour", da FCB Nova York, também chega como favorito ao festival. O objetivo da campanha era vender Whoppers a um centavo. Como? O consumidor só precisava ir ao McDonald's:

Viaje para o México. Há uma boa parte dele em você

Como aumentar os voos para o México se a maioria dos norte-americanos não são lá muito fãs do país? A resposta vem neste case da Aeromexico da Ogilvy Colombia. A marca testou o DNA de alguns cidadãos dos EUA e deu descontos na compra da passagem conforme a porcentagem de sangue mexicano.

Viva a Vulva

O filme "Viva La Vulva", da AMVBBDO Londres para a Essity, vem faturando prêmios por onde passa.

Asfaltando

Já pediu uma pizza e ela veio toda bagunçada? Pois é, o pessoal da Domino's não gosta quando isso acontece e, para ajudar os consumidores, resolveu asfaltar ruas dos Estados Unidos indicadas pelos próprios clientes. A assinatura é da Crispin Porter Bogusky+.

Bandeira escondida

Na Rússia, utilizar a bandeira do orgulho LGBT é crime. A espanhola LOLA MullenLowe resolveu "hackear" o sistema e foi notícia em todo o mundo. Case feito a pedido da Federación estatal de lesbianas, gays, transexuales y bisexuales (FELGTB) e do Eldiario.Es.

Quando um Nike vira Adidas

Nos anos 70, a Batalha dos Sexos aconteceu. Foi uma partida amistosa de tênis entre Billie Jean King e Bobby Riggs. A história virou filme e inspirou esta campanha da Adidas, já que Billie Jean venceu a partida usando um tênis azul da marca. Assinada pela TBWA/Chiat Day de Nova York, a ação resolveu transformar qualquer tênis em calçados da Billie Jean King. Até os Nikes.

Banca de Fake News

E se as Fake News fossem tangíveis por um dia? Case da Columbia Journalism Review assinado pela TBWA/Chiat Day de Nova York.

Mudando o jogo

A Microsoft resolveu ajudar jovens com deficiência a jogarem os games da marca. Afinal, "quando todos jogam, todos nós vencemos". A assinatura é da McCann Nova York.

Deficiência?

A Tommy Hilfiger resolveu modificar suas roupas para ajudar as pessoas com deficiência e, além disso, promoveu a coleção de maneira única. Criação é da Wunderman Thompson de Nova York.

Publicidade estraga tudo

Todas as marcas queriam aparecer no Super Bowl. Skittles resolveu ironizar a coisa toda e lançou um musical para promover a marca. A empresa vendeu todos os ingressos para o evento estrelado por Michael C. Hall. A campanha foi eleita por alguns veículos como a mais engraçada do Super Bowl 2019, mesmo sem nunca ter sido veiculada no intervalo do Big Game. Criação é da DDB de Chicago.

Livraria no Instagram Stories

Muitos dizem que os jovens não leem mais por causa dos smartphones. Então, nada melhor que transformar o Instagram numa livraria e colocar os clássicos nos stories da plataforma, tudo organizado nos highlights do perfil. Case da The New York Public Library criado pela Mother de Nova York.

Música contra a censura

Ação dos Repórteres Sem Fronteira criada pela DDB da Alemanha que transformou artigos censurados em música.

Jornal em branco

O Líbano estava sem governo. Então, a Impact BBDO de Dubai criou para o jornal AN-NAHAR uma edição totalmente em branco. Afinal, se os políticos não iam trabalhar, por que os jornalistas precisariam? O jornal transformou as mídias sociais numa redação gigante e o público preencheu a capa com manchetes de protesto.

Tradutor

Crianças com problemas de audição têm dificuldades para aprender a ler. A Huawei desenvolveu uma inteligência artificial que transforma palavras em linguagem de sinais. Criação é da FCB Inferno de Londres.

A última edição

A Gazeta PL, Mastercard e BNP Paribas juntaram forças com a VMLY&R da Polônia para iniciar uma conversa sobre machismo. Como eles fizeram isso? Compraram a revista pornô mais famosa do país e criaram sua última edição.

Idade?

Já imaginou uma das maiores revistas de moda trazer em sua edição apenas mulheres com mais de 50? Case da McCann Paris para a L'oreal.

Jornalismo

A Droga5 demonstrou na campanha "The Truth is Worth It" para o The New York Times como boas reportagens dão trabalho para os jornais.

Eficientes

O projeto ThisAbles foi criado pela McCann de Telavive para a Ikea com o objetivo de hacker as peças do catálogo mais vendidas para que elas funcionassem para pessoas com deficiência.

Pelo Trono

A ativação da Droga5 produzida pela Giant Spoon para promover Game of Thrones durante o SXSW 2019 também é um dos cases finalistas.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações