10 tendências que vão dominar a fotografia em 2017

Pesquisa foi realizada pela Depositphotos e destaca o uso de smartphones

De acordo com a Deloitte, 2,5 bilhões de fotografias foram compartilhadas e armazenadas online em 2016. Além disso, 90% delas foram tiradas de um smartphone. A Depositphotos realizou uma pesquisa para saber como a tecnologia e as redes sociais vão influenciar a fotografia em 2017. Confira as 10 tendências que surgiram e vão continuar a dominar as comunicações visuais no novo ano:

 1. Os anos 90 estão de volta

Divulgação

Os filhos dos anos 90 tornaram-se um grande público-alvo para as marcas e a utilização de redes sociais tem contribuído para que se tornem embaixadores de marcas. Esta geração começou a criar família, lançou empresas, criou uma cultura de consciencialização e têm formação superior; orientam a procura dos consumidores e o seu poder de compra continua a aumentar. Isto significa que a nostalgia dos anos 90 permanecerá uma tendência nas comunicações visuais; é mais um passo no sentido de imagens mais sinceras, espontâneas e próximas da realidade. Instantâneos tipo Polaroid, fotografias com flash e um estilo ousado e colorido, tudo irá emergir com esta tendência. Os filtros de película associados aos anos 90, adicionam um toque pessoal às fotografias, proporcionando um efeito de narrativa, muitas vezes ausente nas fotografias digitais.

 2. Emoções e movimento

Reprodução

A procura por imagens originais, espontâneas e autênticas continua a crescer. Os consumidores e os recursos visuais não reagem da mesma forma a fotografias polidas com modelos em poses estudadas; querem emoções, falhas, a rudeza da vida e pessoas reais em ação. Fotografias que nos digam algo e que personalizem uma história e capturem um momento (como uma história Snapchat) continuam como uma forte tendência. Estas imagens têm o poder de chamar a atenção e manter o consumidor envolvido.

 3. Mundo conectado

Divulgação

A saúde e segurança tem sido confiada a dispositivos inteligentes, os chatbots usadas para ler notícias e os momentos cotidianos nas redes sociais. Ainda não se atingiu a singularidade e os conteúdos simplesmente não conseguem acompanhar o rápido avanço tecnológico. O mercado continua assim a representar a inteligência artificial e a realidade virtual com imagens mistificadas e vagas que não refletem o modo como estas tecnologias são e funcionam, imitando apenas ideias, atividade e emoção.

 4. Desafio aos estereótipos

Divulgação

Apesar de muitas iniciativas sociais e campanhas de marca, ainda se nota a falta de diversidade no que diz respeito à fotografia comercial. O conflito com alguns estereótipos sociais é ainda uma questão problemática para a comunicação visual, quer em imagens de marca quer em outras fontes de media.

A fotografia autêntica reflete o mundo vivido, com uma tónica na diversidade através das representações de diferentes etnias, géneros, culturas, idades, orientações sexuais e aparências. Imagens do não convencional, de personalidades diferentes no local de trabalho, de atividades de lazer e exercício físico têm grande procura no mercado de microstock e estão em voga na mídia.

 5. O domínio do vídeo

Divulgação

Os conteúdos de vídeos vão explodir nas redes sociais, sites de empresas e publicidade de marca. De acordo com a Syndacast, em 2017, 74% de todo o tráfego da internet serão conteúdos de vídeos. Em resumo, a procura de filmagens espontâneas, originais e de alta resolução vai disparar.

Os vídeos aéreos, em 360º e 4K são algumas das tendências mais em voga este ano, resultado do novo equipamento que permite filmar nesses formatos. Os GIFs também são populares nas redes sociais e nos feeds de notícias como formato de pré-visualização perfeito para conteúdos de vídeo.

6. Astrofotografia

Divulgação

Com as últimas declarações de Elon Musk e o sucesso dos projetos da NASA, a Lua, Marte e o resto do cosmos parece agora mais perto do que nunca. Imagens de galáxias e nebulosas são grandes tendências nas redes sociais e na fotografia comercial, ilustrando as mais recentes descobertas e mostrando a beleza do espaço exterior.

Apesar das limitações, a astrofotografia não exige muito: uma máquina digital, um tripé e um pouco de ambição. Os resultados são verdadeiramente fantásticos e trazem grandes esperanças para um futuro de viagens pelas estrelas.

7. Natureza-morta ousada e brilhante

Divulgação

Desde tirar uma fotografia do almoço, a usar uma fotografia de sapatos como uma metáfora da igualdade de géneros - a vida dos objetos inanimados fala por si. As pessoas estão sempre à procura de símbolos e das brincadeiras da interpretação visual. Às vezes, a imagem dos objetos do cotidiano pode contar uma história melhor do que uma fotografia de ação. Através de cores vivas e do contraste, uma fotografia atrativa de um objeto diz muito; fotografias de gadgets, comida, acessórios ou eletrodomésticos podem se transformar em imagens brilhantes de arte pop.

8. Paisagens minimalistas e temperamentais

Divulgação

O estilo minimalista está fazendo furor em todo o mundo e encontra, também, expressão nas comunicações visuais. A fotografia minimalista tem sido uma tendência há já alguns anos, decorando blogs populares, imagens de marca e painéis semânticos.

Este ano vai ser dedicado a paisagens. São essas as tendências agora: natureza deserta, padrões incomuns, névoa, chuva e descanso silencioso. O segredo aqui deve deixar alguns elementos na fotografia e remover quaisquer outras distrações, bem como dominar o minimalismo através da manipulação de cores.

9. Fotografia dos Drones

Divulgação

A fotografia de drones tornou-se uma parte fundamental na organização de casamentos e parece começar a estender-se a outras categorias de fotografia. Os drones trazem possibilidades infinitas para explorar novos ângulos e iluminar objetos comuns numa perspetiva nunca antes vista. Desde impressionantes paisagens urbanas e faixas costeiras a novos ângulos de fotografias de arquitetura e viagem.

 10. Padrões simples

Os padrões minimalistas têm grandes benefícios, são versáteis e podem ser usados numa ampla gama de finalidades. A procura de imagens de fundo está em ascensão, pois estas podem ajudar a transmitir uma mensagem de forma artística e são personalizáveis.

Como em qualquer área de conteúdos visuais, as tendências são padrões de fundo autênticos, ousados e exclusivos. Há procura de fotografias que captam objetos comuns revelando padrões da natureza, de têxteis ou de design gráfico. Por outro lado, há necessidade de linhas simples e padrões de cores arrojadas, que ajudam a criar interfaces nítidas para smartphones e outros dispositivos.

 

 

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações