75% das mulheres latinas gostam de trabalhar e ser independentes

Estudo da Kantar Worldpanel mapeou o estilo de vida em 15 países da América Latina

iStock/FotografiaBasica

Um mapeamento realizado pela Kantar Worldpanel analisou o estilo de vida em 15 países da América Latina. Entre os dados colhidos pelo Consumer Watch Lifestyles Latam, 46% das donas de casa latinas são mães que trabalham fora. Além disso, três em cada quatro gostam de seu trabalho e da independência financeira proporcionada pela atividade.

As mulheres latinas ganham destaque com o hábito de se arrumar, mesmo mantendo o visual ‘natural’, se maquiando apenas em ocasiões especiais. A pesquisa aponta que esse público gasta, anualmente, US$ 300 em produtos de beleza. Em média, compram 12 categorias de produtos de cuidados pessoais, sendo os itens para os cabelos e os perfumes ou colônias os que demandam mais investimento.

Divulgação

“As mulheres fazem mais atividades do que seus filhos e maridos e se preocupam. Em geral, as latinas têm um bom equilíbrio entre o que gostam de fazer e suas responsabilidades, ainda que quatro em cada dez delas sintam ter menos tempo livre do que gostariam. Há muitos estilos de vida distintos e esse é um ponto de grande importância que as marcas devem considerar quando falarem com seus shoppers. Assim, além das diferenças em relação à região ou demografia, todos têm gostos e estilos de vida diferentes”, afirma Patricia Beber, country manager da Kantar Worldpanel no Brasil.

O estudo também analisou os hábitos da população, que se mostra em busca da saudabilidade. 30% dos entrevistados mudaram os hábitos alimentares no último ano, passando a consumir menos sal, açúcar e frituras. Sete em cada dez famílias têm filhos vivendo sob o mesmo teto.

Em 93% das famílias é a mulher quem cozinha, fazendo isso quase todos os dias. Em média, são duas horas diárias nessa tarefa, com o preparo de receitas fáceis e rápidas. Para essa população, o almoço é a refeição mais importante do dia. Embora oito em cada dez façam isso diariamente, 18% das entrevistadas não gostam ou acham entediante a função.

Divulgação

Assuntos como insegurança, inflação e dificuldade em administrar o orçamento doméstico estão entre as principais preocupações dos latinos que, consequentemente, diminuíram as preocupações com a saúde.

Assim, o estilo de vida sedentário predomina para 60% dos entrevistados. Dois terços não praticam exercícios físicos e, se o fazem, é com pouca frequência. Durante o tempo livre, os latinos adultos desfrutam sozinhos e em frente à TV. Assistir séries é a atividade predominante nos momentos de descanso. As crianças preferem vídeo game.

“Uma marca com lifestyle gera empatia e senso de pertencimento, tornando possível que a empresa esteja dentro do dia, ou melhor, dentro da vida do consumidor, naturalmente envolvendo-o à marca”, diz Virginia Garavaglia, diretora de marketing da KantarWorldpanel para a América Latina.

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações