"Acredito que esse foco em performance deve cair"

CEO da GhFly aposta no conceito brandformance e no viés de consultoria

Divulgação

Em meio a tantas denúncias de fraudes na mídia digital, Gustavo Hana, CEO da GhFly, acredita que o conceito de agência de performance está mudando. “Hoje a gente trabalha o conceito de brandformance. Mas o que eu acredito é que esse foco em performance deve cair”, diz ele. Segundo o executivo, a GhFly administra campanhas de performance e de branding, “que hoje é mais mensurável”.

Com clientes como o varejista Novo Mundo, Madero, Vodafone e Grupo Imaginarium, a agência, com sede em Curitiba, tem um pouco mais de 100 funcionários, mas, segundo Hana, deve chegar a 160 pessoas até o fim do ano. “Temos 230 posições de trabalho dentro da  nossa estrutura e devemos atingir esse número até 2019”.

 O executivo afirma que o planejamento é apoiado na mudança de mindset das empresas em investir mais no digital e também em buscar consultorias, que é um viés forte da GhFly, segundo ele. “Prestamos serviço de consultoria para vários clientes”, afirma Hana. Além disso, ele lembra que o mercado digital cresce dois dígitos ao ano, que a sua agência teve 100% de crescimento em 2017 e o objetivo este ano é crescer 130%. “Estamos participando de pelo menos oito concorrências grandes. Nosso crescimento hoje está pautado em volume de negócios. Somos a agência que tem mais contas Google na América Latina e temos uma estrutura para atender investidores menores”, destaca ele.

Além do atendimento amplo de uma agência digital, envolvendo desde serviços de e-commerce, compra de mídia, performance a branding, Hana ressalta que o viés de consultoria da GhFly vem chamando a atenção do mercado. “Normalmente, o problema maior das marcas está depois da aquisição de leads. As dúvidas comuns são: ‘o que faço, ligo para eles, quanto tempo espero para entrar em contato com esses novos clientes?’. E é aí que a gente entra, estabelecendo fluxo de relacionamento com esse novo cliente, criando qualificação. A gente faz isso para clientes como a Vtex, por exemplo, plataforma de e-commerce que foi indicada como empresa unicórnio. É uma empresa brasileira que está se globalizando”, explica ele.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações