De frente para o futuro

Costuma-se dizer nos meios publicitários que a boa campanha não precisa ser explicada. Ela se explica por si mesma

Nesta edição impressa do PROPMARK, veiculamos o primeiro anúncio da campanha comemorativa dos 54 anos de circulação ininterrupta deste semanário, a serem completados no próximo dia 21 de maio.

A criação e produção da mesma é de autoria da agência F&Q Brasil, ligada ao M&C Saatchi Group, apresentada e defendida junto a integrantes da equipe do nosso jornal por Paschoal Fabra Neto, secundado pelos profissionais de criação da agência.

Costuma-se dizer nos meios publicitários que a boa campanha não precisa ser explicada. Ela se explica por si mesma.

Como diretor responsável pelo PROPMARK cabe-me, porém, aplaudi-la, relembrando que esse tipo de comunicação não pode mais ser extremamente laudatória. É ou não é. E foi exatamente o que a agência F&Q Brasil capturou e transformou em cinco peças cuja sequência tenderá a reafirmar o princípio de que o novo e atual assim permanecerá, enquanto se mantiver conectado – no caso de um jornal como o nosso – às notícias e novidades do meio.

Mas o frescor de uma publicação como o PROPMARK não se limita apenas ao chamado up to date. Há que se ter a certeza do que realmente interessa ao nosso público leitor, valorizando sobremodo a forma de apresentar o conteúdo decorrente dessa análise.

Mas há também a extrema necessidade de um bem resolvido senso crítico, pois o público-alvo ao qual se destina o PROPMARK é extremamente esclarecido e de uma certa forma até mesmo sofisticado na sua necessidade de saber e julgar o que se passa nesse abrangente e cada vez mais desenvolvido setor do marketing, com relevância para a comunicação publicitária.

Por mais fascinante que seja esse trabalho e por mais fascinante ainda que sejam as diversas segmentações das práticas do marketing moderno, tem havido e sempre haverá de nossa parte um cuidado extremo na reprodução dos fatos e na emissão de opiniões da própria redação ou de terceiros, apresentando sempre ao leitor a fidelidade do que se transmite.

Próximo dos 54 anos e criado e dirigido por este editorialista, mantemos fiel o nosso compromisso com a verdade, que nos acompanha desde 21 de maio de 1965.

***

Aplausos para a Abap (Associação Brasileira de Agências de Publicidade) pela conclusão das Diretrizes de Compliance, que na grande maioria das vezes já se respeita nas relações de uma agência com os seus clientes-anunciantes, com os meios, com as produtoras e fornecedores em geral do mercado, além do cumprimento das suas obrigações legais com o Fisco brasileiro.

Havia, porém, depois que partes isoladas e pouco representativas desse elogiável setor de atividades de comunicação, que são as agências que ajudaram a construir a inexcedível importância da publicidade brasileira, hoje respeitada em todo o mundo como uma das mais criativas e com maior capacidade de se reinventar, caíram na tentação de serem usadas para alimentar um tipo de corrupção que dá cada vez mais sinais de enfraquecimento em nosso país.

O mal pelo qual algumas se deixaram levar alertou a classe para a necessidade da celebração de um rigoroso tratado de compliance, redigido e revisado por muitos especialistas na vasta legislação brasileira que esparsamente regula as atividades de todo o país, cujas empresas mantêm contratos e acordos com os diversos governos.

Não vamos afirmar aqui que há males que vêm para bem. Esse tipo de desatenção – para dizermos o mínimo – às regras legais de um negócio que apresenta muitas nuances, sequer deveria ter ocorrido, ainda que em números de praticantes e de verbas mínimas em relação a todo esse vasto universo.

Mas, como ocorreu, merece aplausos e reconhecimento geral a decisão da Abap em cuidar de elaborar e pôr em prática um sistema de compliance que impedirá no mínimo desculpas do tipo “eu não sabia”.

O que for praticado de errado, daqui em diante, não mais poderá fugir da mais absoluta má-fé.

***

Com exclusividade, o PROPMARK publica nesta edição um profundo artigo sobre o futuro da TV aberta, assinado por um dos maiores – senão o maior – especialista do assunto, com uma bagagem profissional e empresarial que o habilita a todas as previsões contidas no seu imperdível texto. Falamos de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni para milhões de telespectadores que também aprenderam a ele se referir, usando um dos mais conhecidos apelidos de um brasileiro, provavelmente só superado por Pelé.

Será com certeza um dos textos mais lidos nos quase 54 anos do PROPMARK.

***

Por falar em colaborações de gente famosa, impossível deixar de citar o artigo de Sandra Martinelli, a incansável presidente-executiva da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes), sobre a WFA Global Marketer Week 2019, que essa mulher infatigável redigiu também com exclusividade para este semanário.

Sandra Martinelli, para quem a conhece bem, transmite a nítida impressão de não ser apenas uma. E quem sabe não é.

Merecidamente, ela também vai receber uma singela homenagem da Editora Referência e da Academia Brasileira de Marketing, presidia pelo nosso colaborador Francisco Madia, na noite de entrega do Marketing Best 2019 aos cases premiados este ano, cuja escolha ainda não ocorreu (as inscrições serão recebidas até a próxima sexta-feira, dia 12).

A cerimônia de entrega do Marketing Best está anotada para a noite de 21 de maio, na casa de shows Tom Brasil (SP).

Sandra Martinelli recebeu previamente do júri o honroso título de Marketing Citizen, que lhe será repassado pela vencedora do ano passado, outra fantástica mulher que é unanimidade nacional: Luiza Trajano, do Magazine Luiza.

***

Como as mulheres dominaram a parte de bons registros deste editorial, falamos de outra, uma jovem de sobrenome conhecido e respeitado no Brasil publicitário de norte a sul: Luiza Justus, filha de Roberto, que está construindo uma carreira solo no mercado publicitário dos Estados Unidos, trabalhando atualmente na Grey de Nova York.

Luiza é entrevistada pelo PROPMARK e mostra uma parte do seu trabalho criativo que ilustra a sua entrevista.

***

Encerrando, um registro ao trabalho do nosso colaborador Alexis Pagliarini na Fenapro, lançando o Datas&Eventos 2019, um calendário dos principais eventos nacionais e internacionais de interesse do segmento das agências e que pode ser cessado na web por: http://www.fenapro.org.br/datas-e-eventos.

Quem o conhece, pelas páginas do PROPMARK ou pessoalmente, sabe que é trabalho seletivo de um craque.

Armando Ferrentini é presidente da Editora Referência, que publica o PROPMARK e as revistas Marketing e Propaganda (aferrentini@editorareferencia.com.br).

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações