Design conduz storytelling da Fiat Chrysler Automóveis em MG

Com laboratório de UX, espaço multibrand destaca Fiat, Jeep e Ram; exposição propõe imersão nos traços italianos

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) inaugurou o novo Design Center Latam, no Polo Automotivo de Betim, em Minas Gerais. O local é fruto de investimentos de quase R$ 11,5 milhões e reúne cerca de 150 profissionais.

De acordo com Peter Fassbender, diretor do Design Center Latam, o estúdio traz na bagagem o know-how de 17 anos, mais de 15 novos modelos e oito carros-conceito da Fiat para os mercados brasileiro e latino-americano.

Leo Lara

“Nascemos como Centro Estilo Fiat do Brasil em 2002. São 17 anos de uma área que, agora, se torna multibrand e encara o desafio de também experimentar novas ideias, formas e materiais para as marcas Jeep e RAM para a América Latina. O novo Design Center é a prova da evolução e do reconhecimento de nossa história. Estamos preparados para os novos desafios”, afirma.

Leo Lara

O executivo explica que todos os produtos da FCA são desenvolvidos de forma colaborativa pelos times globais. A equipe agrega designers, engenheiros, sociólogos, psicólogos, entre outros profissionais, e mantém uma rotina intensa de intercâmbio com os polos de desenvolvimento da FCA na América do Norte, Europa e Ásia. Brasileiros participam de imersões nos estúdios da FCA no exterior e vice-versa.

Integração e tecnologia
O espaço tem uma sala virtual, com um projetor para mostrar o veículo em tamanho real e os detalhes específicos de textura. Bem ao lado fica o showroom com as apresentações das fases dos projetos em desenvolvimento. Ainda no térreo, o prédio tem o Integrated, com áreas para a construção de modelos em massa clay (argila).

Leo Lara

Enquanto o primeiro piso reúne quem prototipa, testa e valida os resultados, o segundo piso concentra áreas de trabalho que carros são projetam e desenham os carros. Com uma arquitetura aberta, um mezanino de vidro permite que os designers mantenham contato visual permanente com o modelo em desenvolvimento.

Além disso, um laboratório de User Experience (UX) reúne simuladores para testar a usabilidade de soluções de interfaces e conectividade, além de percepções do design interno e externo dos veículos. O objetivo é entender o cliente nas interações com o carro, dentro de uma perspectiva de usabilidade e segurança.

Leo Lara

Desenvolvido pela FCA em parceria com uma empresa de inovação do Polo Tecnológico de Campinas, ele simula, por exemplo, a interação com o trânsito, como ultrapassagem de carros e a presença de pedestres. Tudo é sincronizado aos sinais do veículo, como aceleração e freada, por meio de inteligência artificial. Outra ferramenta é o simulador em realidade virtual, para avaliar acabamentos como cores e texturas.

Há mais investimentos previstos para os próximos anos. A ideia é ter um segundo prédio para abrigar os equipamentos de usinageme impressora 3D.

Leo Lara

De volta ao passado
Enquanto o Cento de Design dá uma ideia do que a FCA imagina para o futuro, no mesmo dia a Casa Fiat de Culturainaugurou a mostra “Beleza em Movimento – Ícones do Design Italiano”. A exposição gratuita mistura obras de arte, automóveis e objetos assinados por designers consagrados.

O acervo tem mais de 100 peças, entre obras de arte, automóveis, objetos, miniaturas e instalações multimídia. Com curadoria de Fassbender e colaboração da arquiteta e historiadora italiana Maddalena D’Alfonso, a exposição abordará os contextos cultural e social da Itália no século XX, traçando diálogos entre arte e design. Os temas abordados incluem futurismo, a tecnologia, o cinema e o neorrealismo.

A narrativa da mostra se desenvolve a partir de cinco ícones do design de automóveis, responsáveis por estéticas entre as décadas de 1910 e 1960: casas Bertone, Touring Superleggera, Pininfarina, GFG Style e Zagato.

Leo Lara

Além de obras de arte e objetos, a mostra tem ambientes imersivos e multimídia. Uma das salas, por exemplo, é dedicada ao cinema italiano entre os 1940 a 1970. Outro ambiente tem cenas do automobilismo e relembra duelos com pilotos como Alain Prost, Michael Schumacher, Nelson Piquet e Ayrton Senna. Outro é dedicado ao design de som, dedicado ao ronco dos motores de automóveis clássicos.

Para Fernão Silveira, presidente da Casa Fiat de Cultura, a mostra reforça o compromisso da instituição em promover e difundir expressões artísticas e culturais. “Esta exposição nasce com o objetivo de exaltar e homenagear a pluralidade das criações italianas, por meio de uma coletânea de peças icônicas que influenciaram a nossa vida cotidiana e continuam a povoar os nossos maiores sonhos. Estamos promovendo uma verdadeira imersão no design.”

A exposição é uma realização da Casa Fiat de Cultura, da Secretaria Especial da Cultura e do Ministério da Cidadania, com apoio institucional da Embaixada da Itália no Brasil, do Consulado da Itália em Belo Horizonte, do Circuito Liberdade, do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha) e do Governo de Minas Gerais. O patrocínio é da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), da FCA Fiat Chrysler Participações e do Banco Safra. A mostra conta, ainda, com a parceria do Instituto Cultural Veteran Car MG e apoio do Grupo Sada. A produção executiva é da Expomus.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações