#DiaDoOrgulhoNerd: três pesquisas sobre o geek brasileiro

No também #DiaDaToalha, Amazon, Omelete Group e Nerd ao Cubo estudam seus bancos de dados para decifrar esse público

Quais as 10 cidades mais nerds do Brasil de 2018? Só há um tipo de geek? Quem são os  personagens preferidos dos brasileiros que gostam dessa temática?

Tais questões podem ser respondidas com pesquisas lançadas nesta sexta-feira (25) para os #DiaDaToalha e #DiaDoOrgulhoNerd

Amazon, Omelete Group e Nerd ao Cubo recorreram aos seus bancos de dados para tentar explicar um pouco desse público, que de nicho parece não ter mais nada. Confira os principais pontos das pesquisas: 

Meilun/iStock

Omelete Group: Geek vezes três
Para o Dia do Orgulho Nerd deste ano, o Omelete Group resolveu desmistificar estigmas e esteriótipos sobre essa cultura. 

O estudo foi feito em parceria com a MindMiners, empresa de tecnologia especializada em soluções digitais de pesquisa. O resultado apontou que geek é o sinônimo do jovem conectado, que consome séries, filmes, streamings, tecnologia e games, mas há pelo menos três perfis diferentes de geeks: Geek Tech, o Cult Geek e o Gamer Geek.

Entre os dias 18 e 21 de maio, cerca de mil pessoas que se consideram geeks responderam a quase 40 perguntas relacionadas a consumo e comportamento sobre esse universo. Os dados mostram que essa cultura está cada vez mais no dia a dia de pessoas de idades, classes sociais e regiões diversas, desmitificando estereótipos atribuídos a esse público. Acompanhe os principais pontos:

Idade: 58% tem entre 16 e 24 anos, 23% está entre 25 e 30 anos;

Estado Civil: 26% são casados ou estão em união estável, o que sugere um público mais maduro e financeiramente independente;

Classe social: não há uma padronização e é bem diversa, assim como a população brasileira em geral. Na classe B2 estão 34% dos geeks, enquanto na C1 tem 28% e 15% pertencem à classe C2. 

Região: o Sudeste tem 48% da participação e o Nordeste 26%

Tech Geek:  público interessado em novas tecnologias, que buscam saber de inovações. Nem todos trabalham com isso, mas são entusiastas desta área por prazer e paixão. Para esse grupo, ser um geek é estar em constante aprendizado e ser curioso. Essa categoria usa ferramentas online como YouTube e redes sociais (76%) e 91% busca especificações técnicas e reviews antes de comprar um produto. 77% seguem páginas e empresas de tecnologia e games nas redes sociais.

Cult Geeks: interessados em cultura pop, séries, quadrinhos e super-heróis; 78% afirmam ser grande conhecedores de filmes; 40% revelaram que consomem esses conteúdos todos os dias da semana; 53% disseram que acompanham artistas de HQs; 79% assistem conteúdos disponíveis em streamings e 32% frequentam eventos como a CCXP.

Gamer Geek: público ligado e jogos eletrônicos. 47% revelaram que jogam algo todos os dias e 32% de dois a quatro dias por semana. Eles costumam jogar mais de um gênero de game, com uma média de oito tipos por respondente. Os mais populares são de ação e aventura (71%), mundo aberto (64%) e tiro em primeira pessoa (61%). A plataforma preferida para jogar é o console (59%), seguido por PC (27%) e mobile (12%). Nesse grupo, 43% declararam que mesmo não indo aos eventos de games, leem notícias sobre eles, sendo que 33% assistem ao vivo ou por streamings. Outro dado rebate que os geeks são solitários e antissociais: 50% reúnem amigos para jogar.

cjmacer/iStock

A conclusão é que o geek faz parte de um grupo diverso, complexo e abrangente. E isso tem a ver com o fato do cinema ter "abraçado" essa temática e de plataformas com o Netflix, HBO Go e Amazon.

Segundo Lucas Mathias, profissional de marketing da MindMiners e responsável pelo estudo, esse é um público influenciador de tendências, caracterizado pelo alto grau de fidelidade e comprometimento com marcas e personagens. "Trata-se de um mercado pujante e com força para crescer ainda mais, com espaço para a entrada de mais criadores de conteúdos, produtos, eventos e oportunidades, afirma.

Roberto Fabri, diretor de marketing e experiências do Omelete Group, ressalta que esse público tem um lifestyle voltado à cultura pop e que o orgulho de ser geek não está apenas um dia do ano. "Os geeks demonstram isso por meio do engajamento e paixão que eles têm com seus temas. É um público cada vez mais numeroso que alimenta a popularização de ofertas deste mercado. Não por acaso, diversas marcas querem estar em contato com essa audiência", diz.

Amazon: as 10 cidades mais nerds em 2018

Para montar um ranking das 10 cidades mais nerds do Brasil em 2018, a Amazon compilou dados das vendas nas cidades com mais de 100 mil habitantes, considerando a base per capita, de produtos e downloads de eBooks realizados entre os meses de abril de 2017 e 2018.

O levantamento contempla a venda de livros, graphic novels e histórias em quadrinhos associados à cultura nerd em formato impresso ou digital, assim como empréstimos de títulos do Kindle Unlimited. Pela primeira vez, o ranking considera compras de itens nerds em lojas do Marketplace da Amazon.

As 10 cidades mais nerds do Brasil
1 São Caetano Do Sul (SP)
2 Niterói (RJ) 
3 Florianópolis (SC)
4 Santos (SP)
5 Porto Alegre (RS)
6 São Paulo (SP)
7 Vitória (ES) 
8 Curitiba (PR) 
9 São Carlos (SP) 
10 Araraquara (SP)


Nerd ao Cubo:  Matrix, Stars Wars, Mario Bros entre os favoritos
 

Outros recortes da pesquisa da Amazon apontam que os moradores de Franca (SP) gostam muito de Doctor Who, tornando a cidade líder na venda dos títulos sobre o personagem. Já a cidade de Salto (SP) tem o maior número de envios de itens de decoração sobre Star Wars. Florianópolis (SC) e Araraquara (SP) são as cidades que mais compraram livros de Game of Thrones. E os moradores de Vitória (ES) adquiriram o maior número de cadernos com o tema de Assassin’s Creed.

O clube de assinaturas Nerd ao Cubo fez um levantamento com sua base ativa de usuários para descobrir quais são os temas e personagens preferidos dos geeks e nerds brasileiros.

Favoritos entre personagens e franquias
1 Matrix 71,00%
2 Mario Bros (favorito no universo gamer) 62,60%
3 Star Wars 58,60%
4 Deadpool 58,10%
5 Guardiões da Galáxia 54,50%
6 X-Men 52,70%
7 Homem-Aranha 52,30%
8 Harry Potter 51,10%
9 Game of Thrones 50,70%
10 O Senhor dos Aneis 50,20%

 

Para Diogo Santos, diretor comercial da Nerd ao Cubo, Matrix na primeira colocação geral é uma surpresa ao bater temas tradicionais desse universo, como Stars Wars. No caso de Deadpool, o executivo acredita que o sucesso dos filmes, o mais recente lançado há cerca de 15 dias, esteja diretamente ligado ao resultado. 

“O grande hype do segundo filme [de Deadpool] sem dúvida foi decisivo para que se tornasse o preferido dos nossos assinantes. Mesmo com o impacto causado pelas grandes bilheterias recentes, temos uma base de assinantes que ainda é muito fiel a franquias do passado, como Matrix, que não tem nenhum lançamento relevante há anos e continua sendo uma franquia muito querida”, afirma.

Leia mais
#DiaDaToalha 2018: marcas que não entraram em pânico
CCXP cresce e atrai anunciante que aposta na experiência e lado geek

 

 

 

 

 

 

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações