Enquete mostra que internautas ainda não confiam na Black Friday brasileira

Mais da metade dos participantes desconfiam das promoções e do posicionamento das marcas

Uma enquete feita pelo PROPMARK na última semana aproveitou a Black Friday para saber de seus internautas se a data, que tem sido uma das principais datas do varejo eletrônico brasileiro, tem sido leva a sério pelas marcas em suas promoções. Mais da metade das pessoas que participaram (66,85%) acredita que "ainda não é possível confiar na Black Friday brasileira". 

Para 22,86% dos leitores, "aos poucos, as marcas começam a ter mais cuidado com práticas tão ruins, pois a principal preocupação é não cair na ‘malha fina’ do Reclame Aqui e Procon", enquanto 14,29% acredita que "a Black Friday passou por crises de credibilidade, mas retorna, a cada ano, mais forte."

No entanto, apesar desses passos, a confiança dos consumidores nas marcas parece que irá demorar para decolar. A opção "O varejo tem se preocupado em colocar promoções realmente importantes e reais, e fazer divulgação que conseguem cumprir" não obteve votos.

Leia mais
Enquete mostra relevância do posicionamento das marcas para consumidor
Segundo enquete, marcas enxergam o feminismo com oportunismo

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações