Henrique Meirelles participa de lançamento de Money Report

Evento em São Paulo reuniu cerca de 200 executivos de diversos segmentos

A plataforma de comunicação Money Report  foi lançada, nesta quinta-feira (1º), em São Paulo, durante almoço para cerca de 200 empresários. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, foi o convidado especial do evento e discutiu o cenário econômico e político brasileiros.

Marçal Neto/Divulgação

Ele comentou sobre o PIB, que cresceu 1% em 2017, após dois anos de retração. "O PIB com essa notícia consolidou a saída da crise. A recuperação de 1% é um crescimento positivo, é um diferencial importante, de aceleraçao. Entramos o ano já, portanto, com um crescimento forte, sólido consolidando nossa previsão de crescimento para o ano", falou.

Também participaram do evento Flavio Rocha, empresário e presidente das Lojas Riachuelo, e Nelson Jobim, ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e ex-ministro da Justiça.

A abertura foi feita pelo jornalista e empresário Aluizio Falcão Filho, publisher do Money Report. Ele apresentou um vídeo sobre a plataforma e comentou o projeto. "Uma parte importante é a de eventos, a Agenda de Líderes, que, de 2018, começa oficialmente hoje", disse.

O Money Report tem Cristina Falcão como vice-presidente executiva. O veículo tem notícias sobre o mercado financeiro e o mundo dos negócios, principalmente política e economia. Amauri Segalla é editor-chefe e Humberto Maia Junior é editor. O portal tem parceria de serviços com a agência Reuters e outros fornecedores. O MR ainda tem dois estúdios de gravação em sua sede para produzir matérias em vídeo.

Cristina comemorou o interesse e presença de dezenas de empresários. "Casa lotada para o lançamento oficial do portal. É um dia especial para nós e para o Brasil também, com a notícia que o PIB cresceu. Um motivo de certa forma para começar comemorar a retomada", comentou.

Marçal Neto/Divulgação

A abordagem do portal busca ser objetiva e analítica, com textos curtos para um público que prefere assim. As notícias têm foco no que aconteceu, o motivo de o fato ser importante e suas consequências (quem ganha e quem perde). Do ponto de vista editorial, o MR defende a redução do tamanho do estado, o livre mercado, a democracia e o estado de direito.

O portal deve ter mais novidades em breve como a entrada de blogs de economistas e cientistas políticos. Além do site, a plataforma tem eventos corporativos, conteúdos customizados e membership de empresas, o Money Report - Agenda de Líderes, que já realizou mais de 40 eventos ao longo dos últimos dois anos. O grupo conta com mais de 60 companhias, entre elas Amil, Bradesco, BTG Pactual, Confidence, Generali, HP e Stefanini.

Parte dessa agenda, o evento de hoje reuniu CEOs e empresários de praticamente todos os segmentos, financeiro, segurança, transporte, siderurgia, construção, entre outros.

Resultados

Na última quarta-feira (28), a Riachuelo divulgou o resultado de 2017. Rocha comentou que apesar das críticas à atual situação do país, os resultados de 2017 foram excelentes. 

"Foi o melhor ano da empresa, no ano em que completamos 70 anos. Mas por um motivo que tem seu lado cruel: foi uma carnificina nesses últimos dois anos, 200 mil lojas fecharam. E o varejo mais robusto, competitivo e de alta performance acaba ocupando esse espaço. O que aconteceu em 2017 foi um verdadeiro milagre do ponto de vista de recuperação econômica. O Prontos para o Futuro mostrou a força das ideias boas na tentativa de liberar a economia. Mas contra isso tem uma inacreditável burocracia, tentando provar que o capitalismo não funciona, colocando nele uma camisa de força. Beira o ridículo, seria anedótico, se não fosse trágico. O próximo desafio é uma agenda realmente de desregulação. O primeiro grande passo foi o da reforma trabalhista, mas com outras reformas talvez a gente chegue entre os países que conseguiram liberar sua economia, que não por coincidência são os países prósperos", disse.

Marçal Neto/Divulgação

Em outro momento, o executivo explicou um pouco o Movimento Brasil 200, cujo nome é uma alusão aos 200 anos da independência nacional. "Mas para esse país que vai comemorar esses 200 anos, ser livre, precisa começar agora", completou. Questionado mais uma vez sobre uma possível candidatura à presidência, ele voltou a negar interesse. No entanto, deixou a porta aberta se houver a necessidade de "assumir a missão".

Condutor das conversas, o jornalista Falcão Filho também comemorou a casa cheia e o feedback que ouviu no evento. Para ele, o MR coroa a parceria profissional e pessoal com Cristina, que também é sua mulher. "Os comentários são os melhores possíveis. É uma espécie de coroação de tantos anos de carreira, tanto do meu lado quanto da Cris. É uma parceria familiar e corporativa. É um casamento perfeito. Conseguimos completar nossas habilidades", contou.

Marçal Neto/Divulgação

Leia mais

Portal Money Report chega ao mercado com notícias curtas
Lide recebe 300 empresários no Fórum Nacional do Varejo

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações