Martin Sorrell renuncia cargo de CEO da WPP

Executivo sofre investigação sobre o possível uso indevido de ativos da empresa

De acordo com informações de uma fonte fortemente ligada ao Grupo WPP, o CEO Martin Sorrell já teria renunciado ao cargo. Em seu lugar, pelo menos por enquanto, devem assumir o posto Mark Read, CEO da Wunderman e Andrew Scott, diretor de operações dos negócios europeus do grupo. Eles assumem interinamente e em conjunto o papel de COO, enquanto o chairman, Roberto Quarta, ficará como executive chairman, até que um sucessor seja contratado pela holding.

Embora a informação não tenha sido oficializada pelo WPP, alguns veículos também começaram a ventilar a saída iminente de Sorrell, como a CNBC, por exemplo, além da Sky News.

Em um e-mail para a equipe da WPP neste sábado à noite, Sir Martin teria dito que era "do interesse de nossos clientes ... e de todas as outras partes interessadas ... que eu me afastasse".

Nesta semana, a principal manchete do mercado de propaganda em todo o mundo foi a investigação aberta pelo grupo para apurar o possível uso indevido de ativos da empresa por parte do executivo.

Sorrell dedicou praticamente 33 anos de sua vida ao WPP e personificava como ninguém a força da maior grupo de publicidade em todo o mundo. Resta saber como o mercado vai reagir com a sua saída. 

Leia mais
WPP investiga uso indevido de ativos por Sorrell

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações