TVs se preparam para cobertura da folia nos sambódromos e nas ruas

Globo concentra transmissões das escolas de samba do RJ e SP; SBT e Band miram em Salvador

Fábio Rocha/Globo

Às vésperas da cobertura da maior festa popular do país, entre 1º e 5 de março, as emissoras de TV se preparam para a maratona de transmissões e programações carnavalescas com foco nas folias de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

Há mais de 50 anos exibindo os desfiles das escolas de samba das capitais paulista e fluminense, em 2019, a Globo anunciou patrocínio máster da Crefisa, Dorflex, Extra, Vigor e TRESemeé, que pela primeira vez se associa ao território do Carnaval.

O valor das cotas se aproxima dos R$ 30 milhões. O investimento contempla chamadas, vinhetas, comerciais, merchandising, aplicação de marca, flashes e animações integradas em todo conteúdo divulgado antes, durante e depois do Carnaval, além da apuração e de inserções nos melhores momentos. Também está prevista uma ação comercial com entrega digital da TRESemeé, com desenvolvimento da F.biz.

O plano digital com abrangência nacional complementa o patrocínio da TV com mensagens contextualizadas em displays via mídia programática, lentes que funcionam como filtros de fotos em redes sociais e editoriais com dicas de preparação de cabelos para o Carnaval com parceiros especializados. “A marca atuará com presença massiva nos meios digitais e em mídia exterior, com a campanha Você pronta pra tudo”, aponta Fernanda Gama, gerente de marketing da divisão de beauty personal care da Unilever.

“A mídia exterior contará com relógios e mobiliários urbanos digitais, painéis em aeroportos e metrôs nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador”, defende Fernanda.

A Globo, que detém os direitos de veiculação dos desfiles, comemorou os índices de audiência de 2018. Em São Paulo, ela atingiu 11 pontos de média e 43% de share na sexta-feira, números que não eram registrados desde 2011.

Já a festa carioca marcou 16 pontos de média na primeira noite dos desfiles do Grupo Especial, chegando a 59% de participação entre os televisores sintonizados.

A cobertura do Carnaval Globeleza em 2019 será realizada também pelo Gshow e pelo G1. Na TV, as vozes oficiais da transmissão são de Fátima Bernardes e Alex Escobar, no Rio; e de Monalisa Perrone e Chico Pinheiro, em São Paulo.

Enquanto isso, na Bahia...

Na capital baiana, a emissora dos irmãos Saad promete maior integração com o Camarote Planeta Band, já que seu estúdio estará nas dependências do local. O canal abre as transmissões na noite de sexta-feira (1º) e segue até a madrugada da Quarta-Feira de Cinzas (6).

Outra novidade apresentada pela Band este ano é a identidade visual repaginada. “O novo logo do Band Folia tem como inspiração as pinturas tribais que vemos nas ruas de Salvador, e é uma forma de retribuirmos o carinho que sempre tivemos na Bahia”, explica Luciana Dias, diretora do núcleo de arte e criação. O patrocínio em 2019 é de Ambev, UOL, Walmart, Banco BMG e Ultrafarma.

Divulgação

A jornalista Patricia Maldonado, há dez anos à frente do Band Folia, e a cantora Ju Moraes comandam a transmissão do circuito que liga as praias da Barra e Ondina.

A emissora programa reportagens especiais abordando a retomada dos blocos afro e a volta da Timbalada. Já nos estúdios do Band Folia em São Paulo, a jornalista Joana Treptow e o músico e ex-VJ China farão um resumo dos melhores momentos do Carnaval de todo o Brasil, com reportagens de todas as praças da Band.

O Carnaval soteropolitano conta ainda com a cobertura do SBT. Nadja Haddad, Helen Ganzarolli e Leo Sampaio comandam as atrações da emissora de Osasco, que fechou patrocínio com Havaianas, Colgate, Ceras Johnson, Buscopan e Buscofem. Já o patrocínio regional em São Paulo é do refrigerante Dolly Guaraná e da Marvel (Disney). Em Salvador, o SBT tem patrocínio local da Skol, Extra e Intimus.

Divulgação

Todas as marcas aparecerão em formato multiplataforma de transmissão – TV e digital. Ao todo, 170 profissionais estarão envolvidos na transmissão.

Este é o 9º ano que a emissora exibe o Carnaval de Salvador. Em 2018, o SBT Folia atingiu mais de 28 milhões de telespectadores no mês do Carnaval. Já a transmissão no YouTube resultou em mais de 95 mil visualizações no mesmo período. Os atores Matheus Ceará e Milene Pavorô farão participações especiais na transmissão.

Nas ruas e passarelas
A Band, que tradicionalmente acompanha o Carnaval de Salvador, este ano vai expandir a cobertura. Pegando carona nos sucessos dos bloquinhos, a emissora deve televisionar as festas nas ruas paulistanas e cariocas. “Nosso objetivo é fazer uma cobertura mais jovem e descontraída, envolvendo o elenco local das praças da Band em todo o Brasil”, afirma Patricio Díaz, diretor de conteúdo da emissora.

O Band Folia terá repórteres especiais como o chef Erick Jacquin, do Masterchef. A cobertura também será realizada pelo site, aplicativo e no Twitter e Instagram da emissora.

Além da habitual cobertura dos bastidores das festas e camarotes, a Rede TV! contará com edições especiais do TV Fama nos quatro dias de folia.

A emissora estará presente na concentração e dispersão dos desfiles das escolas de samba de São Paulo e do Rio de Janeiro com transmissão multiplataforma envolvendo todos os ativos (on air e online).

“O projeto Carnaval é um dos mais tradicionais do portfólio da emissora. Realizado pelo 18º ano consecutivo. Além da TV, utilizaremos a força das plataformas digitais (Facebook e YouTube, entre outros) aumentando a abrangência e a cobertura de audiência”, defende Amilcare Dallevo Neto, head of value creation da RedeTV!, que terá 400 profissionais envolvidos nas transmissões.
Ecobier e Acquissima são os patrocinadores do canal. De acordo com Neto, a emissora ainda está em negociação avançada com outros anunciantes para o patrocínio da festa.

Divulgação

Eles prometem ainda trazer detalhes sobre os blocos de rua nas principais capitais do país. A emissora estará com um estúdio fixo no Jockey Club (SP) dentro do Carnaval da Cidade .
Já para viabilizar os desfiles em São Paulo, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liga SP) conta com patrocínio de Jeunesse, Itaipava e Chevrolet Consórcio Nacional.

A festa é uma realização do Bradesco, em parceria com FAM, Liga SP e Ministério da Cidadania. Além do apoio institucional da Lei de Incentivo à Cultura, Polícia Militar, Sebrae, Fiesp, Senai, SP Turis e Prefeitura de São Paulo.

Em meio a polêmicas após o anúncio da retirada do patrocínio para agremiações do Grupo Especial do Rio de Janeiro pela Uber, as escolas devem receber R$ 500 mil da Prefeitura carioca e R$ 1 milhão da Light, concessionária de energia do estado, por meio da Lei de ICMS.  Segundo fonte ouvida pelo PROPMARK, essa verba ainda não teria sido repassada às escolas de samba.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações