Conar vai julgar coaching em novela "O Outro Lado do Paraíso"

Já foram feitas 11 denúncias para criticar forma como a metodologia tem sido tratada na novela

O coaching abordado em merchandising veiculado na novela "O Outro Lado do Paraíso", da Globo, rendeu diversas denúncias no Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).

O õrgão de autorregulamentação do mercado confirma que abriu representação a partir de uma primeira reclamação, que alegava confusão entre a atividade de coaching e de psicoterapia, uma vez que as cenas causaram o entendimento de que o coach pode garantir resultados a um trauma psicológico por meio de hipnose. Após essa representação, outras dez denúncias foram recebidas, totalizando 11 até o momento. O processo ético referente à ação é o de número 55/18.

Na novela, Laura (interpretada pela atriz Bella Piero) sofre abusos do padrasto, Vinicius (Flávio Tolezani), durante a  infância. Ao longo da história, Clara (Bianca Bin) procura sua irmã, Adriana (Julia Dalavia), para saber sobre seu conhecimento de coaching e de que forma ela poderia ajudar Laura a vencer esse trauma. Adriana se dispôs a ajudar a vítima por meio da hipnose que a levou ao passado, que seria parte do processo do coaching.

Reprodução

O merchandising foi exibido no dia 2 de fevereiro. O anunciante em questão foi o IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), de José Roberto Marques. Uma das cenas que descreve o coaching teve quase três minutos de duração, mas o assunto continuou sendo tratado em outros capítulos.

“Coach é o profissional que aplica o coaching e não a metodologia em si. No entanto, o principal problema está na afirmação de que o processo pode utilizar a hipnose”, afirmou o presidente da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching), Sulivan França, em carta datada de 18 de janeiro.

"O coaching é um processo de planejamento estratégico do indivíduo para que ele possa sair de onde está no presente e chegar aos objetivos que quer alcançar no futuro, sem falar, em momento algum, de passado ou utilizar qualquer técnica como a hipnose. Em nenhum momento, está ligado ao passado”, explica.

Além dele, o Conselho Federal de Psicologia se posicionou contra a situação

Ainda não há informações sobre quando as denúncias serão julgadas. Uma das cenas pode ser vista aqui.

Leia mais
Conselho de Ética do Conar vai julgar própria campanha publicitária
Conar notifica Bruna Marquezine por posts publicitários no Instagram

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações