Neymar suspende venda de Playboy com ação na Justiça

Capa do mês é Patrícia Jordane, que alega caso com o jogador

A capa da Playboy menciona Neymar

O staff de Neymar também está trabalhando em ritmo de Copa do Mundo. Os advogados do jogador brasileiro conseguiram uma determinação na Justiça para suspender as vendas da Playboy de junho, que traz Patrícia Jordane na capa.

A decisão foi tomada pela 3ª Vara Cível de São Paulo, e determina multa de R$ 10 mil por dia caso não seja cumprida. A capa da publicação traz o título "A morena que encantou Neymar", mencionando um suposto affair do jogador do Barcelona e seleção brasileira com a estudante de Odontologia.

A informação foi divulgada por meio de nota oficial no site oficial de Neymar. Veja:

"Nesta quarta-feira (25), a 3ª Vara Cível da Capital determinou a suspensão imediata da edição e venda de novos exemplares da Revista Playboy referente a edição de junho/2014.

A editora, além de divulgar uma mentira sobre a vida pessoal do Neymar Jr, utilizou indevidamente o seu nome, ou seja, sem a autorização da NR SPORTS, empresa dos pais do atleta e única  detentora dos direitos de exploração da imagem, nome e seus atributos.

Também foi determinado à Editora Abril, a retirada de todos os exemplares que já estão à disposição do consumidor.

A revista Playboy, que traz a capa intitulada “A morena que encantou Neymar”, também não poderá ser veiculada de forma publicitária”.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações