Brasil alcança 90 Leões no penúltimo dia de Cannes

David São Paulo foi o destaque desta quinta (21) com o case "Essa Coca é Fanta", que conquistou sete prêmios

 

Alê Oliveira

A propaganda brasileira alcançou 90 Leões no penúltimo dia do Festival Internacional de Criatividade Cannes Lions, o mais importante da indústria da comunicação, que termina na sexta-feira (22), na Riviera Francesa. O resultado é bem próximo do total de prêmios que o Brasil conquistou no ano passado, que chegou a 99 Leões. 

Nesta quinta-feira (21), as agências brasileiras ganharam 29 Leões nas categorias PR (6); Direct (11); Creative Data (1); Innovation (1); Social & Influencer (3); e Media (7). Hoje, também foram revelados os prêmios de Product Design, mas o Brasil não conquistou Leões  na competição.

O destaque brasileiro desta quinta foi a David São Paulo, que ganhou seis Leões com o mesmo case,  "Essa Coca é Fanta", para Coca-Cola. Foram dois ouros e uma prata em PR; um ouro em Media e uma prata e um bronze em Direct. A campanha também tem um bronze em Design, que já havia sido revelado. No total, a campanha tem sete Leões e é uma das mais  premiadas do Brasil. Segundo informações de bastidores, por muito pouco não levou o Grand Prix.

“Em um ano como esse em que o critério de conversão está muito difícil, em que um ouro vale por dois ou três em outros anos, a gente está muito feliz”, disse Rafael Donato, VP de criação da David.  “Dá uma felicidade pessoal, mas é muito importante para o trabalho da agência com o cliente. É importante ver ideias diferentes, isso move a comunicação em uma direção nova”, completou Edgard Gianesi, diretor de criação. 

A lata "Coca-Cola é Fanta, e Daí" nunca foi comercializada, foi lançada em edição  limitada para comemorar o Dia do Orgulho LGBT e enviada para influenciadores, como Pabllo Vittar, que postou nas suas redes sociais. A ação viralizou rapidamente.

“O produto não foi feito para ser comercializado. É um produto para virar um símbolo, um ícone e não para matar a sede, apesar de, sim, tem Fanta dentro”. O que foi comercializado assim que a ideia saiu foram itens como capa de celular e camiseta. A criação é da dupla Jean Zamprogno e Fernando Pellizzaro, que hoje estão na David Miami.

Entre os destaques internacionais do  dia, está a campanha "Palau Pledge", criada pela Host/Havas, de Sydney, Austrália, para Palau Legacy Project. O  case ganhou os Grand Prix de Media e Direct.

Outro case que  chamou a atenção em Cannes este ano e ganhou dois Grand Prix é a ilha feita de  lixo "Trash Isles". Uma ação da Plastic Oceans/Ladbible para chamar a atenção para o problema do lixo acumulado no oceano. A campanha conquistou os GPs de PR e Design. 

Na sexta (22), serão revelados os últimos resultados do festival em cinco categorias: Film, Creative Effectiveness, Glass, Titanium e Sustainable Development. Nesta última área, o Brasil tem cinco chances de ganhar Leões. Já em Film o Brasil tem seis finalistas e em Creative Effectiveness há uma indicação. Não há peças classificadas em Glass e Titanium.

Confira aqui todos os finalistas e aqui os Leões brasileiros. Abaixo, todas as agências premiadas:   

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações