Brasil tem seis Lápis nos primeiros resultados do D&AD 2018

Terminaram os júris de nove competições. Ogilvy, Africa, FCB e Grey têm prêmios

O Festival D&AD 2018, que começa nesta terça-feira (24), em Londres, já tem resultados de nove de um total de 28 competições. Os júris, com 265 profissionais de 50 países - 13 são brasileiros - estão trabalhando desde a últma sexta-feira (20) e vão concluir seus trabalhos ainda hoje.

Foram divulgados até o momento os prêmios de nove competições, mas a distinção de cada um deles - Lápis de Madeira, Lápis de Grafite, Lápis Amarelo ou Lápis Preto - só será conhecida no encerramento do festival, na noite desta próxima quinta-feira, dia 28.

Com os atuais resultados parciais, a Ogilvy é a agência brasileira que está com o melhor resultado  no D&AD 2018. Ela tem três Lápis, dois deles com o case "Vacina com realidade virtual", que venceu nas competições  Creativity for Good e Experiential. O terceiro Lápis da Ogilvy é em Outdoor, competição na qual o júri do festival é presidido pelo brasileiro Anselmo Ramos, da Gut. Entre as agências brasileiras premiadas também estão a Africa, a FCB e a Grey.

Veja abaixo a relação de todos os trabalhos brasileiros premiados até o momento:

1. Re-reborn, da FCB Brasil para Clube de Criação (Crafts for Advertising)
2. Vacina com Realidade Virtual, da Ogilvy para Hermes Pardini (Creativity for Good)
3. A cor da corrupção, da Grey para Reclame Aqui (Creativity for Good)
4. Vacina com Realidade Virtual, da Ogilvy para Hermes Pardini (Experiential)
5. Desenho do Abuso, da Africa para Disque Denúncia (Outdoor)
6. Mulheres, da Ogilvy para Forbes (Outdoor).

Nas nove competições que tiveram os trabalhos dos júris concluídos, o D&AD concedeu um total de 184 Lápis com a seguinte distribuição de prêmios: Film ( 32 Lápis)  Crafts for Advertising (30), PR (30) Crafts for Design (28), Experiential (22), Creativity for Good (16), Outdoor (14), Writing for Design (7) e Collaborative (5).

Até o momento, os Estados Unidos lideram o número de Lápis do D&AD com 55 prêmios, seguidos pelo Reino Unido (34), Japão (20) e França e Alemanha, cada um com 14 Lápis. 

O festival recebeu um total de 20 mil trabalhos referentes a cerca de 12 mil inscrições. O festival não revela os números oficiais. Estima-se que o Brasil tenha feito cerca de 315 inscrições com 650 trabalhos.

Em 2017, o Brasil conquistou um total de 15 Lápis do D&AD, competição que é considerada a "mais rigorosa" entre os festivais publicitários internacionais. Em 2016, foram 30 Lápis brasileiros.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações