O que inspira Beto Marques, head de criação de brand activation da Cheil Brasil?

“Afinal de contas, quando criamos uma campanha, produzimos um evento, desenvolvemos uma promoção, estamos falando de pessoas”

Quando recebi o convite para escrever essa coluna, pensei “que bacana, será tranquilo falar sobre o que me inspira”.

No decorrer, percebi que não seria lá tão fácil, pois, assim como no processo criativo, as incertezas começaram a rondar o briefing.

Será que estou cumprindo a função de inspirar os leitores? Será que vão gostar?

Então decidi deixar a cobrança pessoal de lado e aproveitar o fim de semana fazendo as coisas que mais me dão prazer; ficar com a minha família e fazer exercícios físicos.

Brinquei muito com meu filho de dois anos e meio, fui a um aniversário com a minha mulher (importante reservar um tempo só nosso), almocei com a minha mãe e vi muitos esportes na TV.

Nos intervalos, me exercitei. Corri 10 km, nadei 3.000 m, pedalei outros 40 km e lutei boxe.
Sempre fui um grande amante dos esportes. Inclusive sou pós-graduado em mkt esportivo.
E aqui vale uma pequena estória.

Após fortes dores no peito e uma batelada de exames, ouvi do médico que minha saúde estava excelente e meu único problema era que eu estava muito acima do peso, sendo a “única” solução uma cirurgia bariátrica, pois “nunca” conseguiria perder o que precisaria por conta própria. Por volta de 50 kg.

Agradeci, saí do consultório e nunca mais voltei.

Do caminho liguei para minha mulher e disse que estava tudo excelente, mas que estava indo me matricular na academia.

Hoje, um ano depois e 46 kg a menos, me sinto mais disposto e mais inspirado do que nunca.
Retrato minha rotina de exercícios nos Stories do Instagram e muitos dos meus amigos se sentem motivados e inspirados pela minha força de vontade, mudando também suas rotinas e hábitos.
E sabe por que eu te contei tudo isso? Para dizer que minha maior fonte de inspiração são as “pessoas” e as suas “histórias”.

Com isso, estou novamente me desafiando. A viver de fato o momento, dando menos importância ao mundo virtual.

Nenhum like, view ou comentário podem ser mais importantes do que o agora.
Longe de ser hipócrita, ainda uso muito o celular, mas tenho feito um exercício diário e constante para diminuir o uso gradativamente.

E tudo começou quando minha mulher me chamou a atenção pois, sem perceber, estava perdendo momentos mágicos com meu filho enquanto a vida passava bem ali na minha frente.
Sim, você pode se inspirar em uma foto bonita, em um post/stories legal ou em um vídeo no grupo da família, mas a minha reflexão aqui é “Pessoas! Essas sim deveriam ser a nossa maior fonte de inspiração!”.

Afinal de contas, quando criamos uma campanha, produzimos um evento, desenvolvemos uma promoção, seja o que for, estamos falando de pessoas e nada é mais importante do que ouvi-las de verdade.

De “v-e-r-d-a-d-e!”
Por isso gostaria de terminar essa coluna propondo um desafio.

Tire o fone, desligue o celular e viva, saia com seus amigos, com sua namorada, com sua mulher ou com seu filho e viva um momento genuíno, sem celular.

Tenha absoluta certeza que sairá desse encontro muito mais inspirado pois dedicou 100% do seu tempo para o que está acontecendo ali, na sua frente.

E isso é a melhor sensação que podemos vivenciar nesses dias atuais.

E nunca, “nunca” deixe ninguém dizer que você não é capaz de algo, você só precisa de inspiração.
Se eu consegui você também “consigui” como diz minha maior fonte de amor, criatividade e inspiração, meu Antônio.

Beto Marques é head de criação de brand activation da Cheil Brasil

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações