O que inspira Ed Côrtes, diretor da produtora de áudio Tentáculo?

“Piração é ir com a Madonna ver show do The Who, encontrar o Pollock e tomar uns vinhos na casa do Michelangelo”

Qual a diferença entre o teto da Capela Cistina e um quadro do Pollock?

Qual a diferença entre a trilha do Dunkirk e o Pássaro de Fogo, do Stravinsky?

Qual a diferença entre um show do The Who e um da Madonna?

O processo.

Eu acho que em todos os casos estamos falando de arte, certo?

E arte de alto nível.

Mas, no meu entendimento, existe uma diferença - qual foi o tipo de piração: a ex, a ins ou a trans?

O Michelangelo recebeu uma encomenda: eu quero um afresco bem bonito no teto da capela que eu fiz.

E segue-se o questionário:

- Tem prazo?

- O quanto antes.

- Tem briefing?

- Capela, né..., Deus, Fé, Punição, Culpa, Céu e Anjos.

- Pode ter nu?

- Nuuuuu nu não, né! Uns anjinhos, pauzinho, peitinho...

- Quem aprova?

- Eu, depois o cardeal. E, se passar, o papa.

- Ele entende WIP?

- Não. Faz aí e mostra pronto.

- Tem grana?

- Então,... a igreja está passando uma fase difícil. Você sabe o tamanho do rombo para fazer essa sede nova etc....

Todos nós conhecemos esse papo, mas não é por isso que não vamos fazer arte, a melhor que a gente consegue. Depois de uma conversa dessa o que a gente faz? Inspira. Fundo. Várias vezes. Busca todas suas técnicas e referências para responder a demanda. Ele transpirou muito tempo para estar pronto para isso. Acorda e dorme pensando na melhor maneira de fazer todos aqueles pedidos virarem arte.

- Pronto.

- ...

- E aí? Gostou?

- ... tá pronto?

- Acho que sim... quer dizer, sim.

- ... é... tá bacana... tô preocupado com o papa. O cardeal vai gostar, ele nem enxerga direito, mas o papa não é bobo não... tem alguma opção para aquele Deus ali? Tipo um mais musculoso...
E nessa hora o que o Michelangelo faz? Inspira, e novamente vai “não dormir pensando em como resolver com arte a sua demanda. Isso é inspiração.

- Alô?

- Alô.

- Quem tá falando, é o sr. Pollock?

- Quem é?

- Desculpa sr. Pollock, eu te acordei?

- Claro caceta, são 8 e meia da manhã, porra!!

- Pois é sr. Pollock, mas é que o senhor não pagou o quarto ainda e eu tentei algumas vezes na semana passada, tá ficando muita coisa pendurada...

- Eu já disse que vou pagar, caraca.

- Mas já passou mais de um mês.

- Eu vou pagar, eu falei que vou, porra! Que saco. Me liga depois!

- Alô.

- Quem é, caralho?

- Sou eu?

- Eu quem?

- Você não reconhece minha voz?

- Sei lá, estava dormindo, caralho. Lee?

- Quem mais ia ser, Jackson? Você andou bebendo de novo?

- Não.

- Eu te conheço, você bebeu ontem?

- Só um pouco, porra!

- Eu dou o maior gás na sua carreira e você fica chapando e dormindo na rua. Porra, Jackson, assim é foda. Eu fico em casa sozinha o dia todo e depois você chega bêbado. Eu deixei a minha carreira de lado por sua causa e agora estou aqui...

Nessa hora o Pollock larga o telefone, pega uma tela e expira. Bota pra fora. Tudo. E vira arte. Ele também transpirou muito aprendendo e estudando e experimentando. Mas nessa hora ele expira e sai um monte de coisas que não tem onde guardar. 

Ele não é mais ou menos artista que o Michelangelo, mas o processo é de expiração e não de inspiração.

- Nossa, Pollock, que quadro lindo, uma obra de arte!!! Onde você se inspirou?

- Sei lá.

E aí você me pergunta: e a piração?

Piração é a mãe de todos, é tentar entender o mundo através da arte, sendo artista em cada ato, não importa a profissão. Transpirando, inspirando e expirando. Cada um na sua hora, todos os dias, não obrigatoriamente em sintonia. Ou ainda: Piração é ir junto com a Madonna ver um show do The Who, encontrar com o Pollock e ir tomar uns vinhos na casa do Michelangelo. Ouvir o Pássaro de Fogo, do Stravinsky, enquanto assiste o Dunkirk no mudo.

Tudo é arte, tudo é parte, tudo é processo.

Ed Côrtes é diretor da produtora de áudio Tentáculo

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações