Ad Junior, head de marketing da Trace Brasil (Divulgação)

A partir de 1º de novembro, o canal a cabo Trace Brazuca e a emissora pública TVE Bahia se unem para promover uma programação mais diversa para seus públicos.

Com isso, os canais passam a compartilhar seus conteúdos, como shows, programas, filmes e documentários que integram a programação de cada uma das emissoras.

A parceria inédita tem como propósito buscar novas audiências e ampliar o acesso à programação das duas emissoras de TV que valorizam a diversidade e a representatividade da cultura afro no Brasil. Inicialmente, serão 50 horas de programação mensal, que deve alcançar mais de 10 milhões de pessoas.

Enriquecendo as atrações do Mês da Consciência Negra, programas como Trace Trends, Djouba e Newcomers – com foco em novos talentos baianos -, entram na programação da TVE, em novembro, enquanto a emissora cede ao Trace Brazuca shows, programas culturais, interprogramas, filmes, documentários e programas de entrevista exclusivos.

As produções de ambos os canais são inéditas para os telespectadores da TV aberta na Bahia e da TV por assinatura e, a cada semana, novos programas serão compartilhados e exibidos.

“Para nós é muito importante estar na Bahia, um Estado onde está enraizada a maior herança cultural do nosso país. Para a Trace é um privilégio e, ao mesmo tempo, uma oportunidade de mostrar a nossa audiência no Brasil e fora. É o encontro da maior plataforma afrourbana do mundo com a TV mais negra da Bahia”, explica AD Junior, Head de Marketing da Trace Brasil. “A TVE Bahia é a emissora que mais dedica espaço e investe na divulgação de conteúdos que reforçam os direitos, a história, a cultura e as realidades da população afrodescendente”, completa.

Para Flávio Gonçalves, diretor-geral da TVE Bahia, a iniciativa colabora para preencher uma lacuna na programação e também combater o racismo e promover a igualdade a partir desses conteúdos. “São duas plataformas que se complementam, oferecendo atrações com uma relação direta com a realidade brasileira, a partir da cultura africana, que é uma das principais bases de formação do nosso povo. Vamos trocar conteúdos que estão na programação de cada emissora e, assim, chegar a mais telespectadores na Bahia, no Brasil e no exterior”.

Segunda maior cobertura em sinal digital de TV da Bahia, com um público de 10 milhões de telespectadores, a TVE terá sua programação exibida também em países da Europa e, principalmente, no continente africano, onde o Trace Brazuca é transmitido. “Queremos que o nosso público no Brasil e no mundo conheça a programação da TVE Bahia. Estamos felizes porque será a primeira vez que os baianos poderão acompanhar o conteúdo da Trace, como o Trace Trends, que foi ao ar pela primeira vez em 20 Novembro de 2019”, conta AD Junior.

Do outro lado, os conteúdos do Trace Brazuca irão integrar a programação da TVE que desde 2016 é a emissora oficial da Década Internacional Afrodescendente (2015-2024) no Estado. “A entrada dos conteúdos da Trace encaixa-se perfeitamente na nossa programação, trazendo mais diversidade ao canal”, afirma Flávio. Para 2021, a expectativa dos canais é criar novos projetos e parcerias, estendendo a colaboração.

Toda a programação do Trace Brazuca está disponível para assinantes Claro NET (canal 624 e Now) e Vivo (canal 630 e Vivo Play). A TVE Bahia pode ser assistida no canal 10.1 em Salvador e Região Metropolitana, no interior do estado e ainda online.

Publicidade