PJ Pereira (Divulgação)

A Hungry Man fará uma série sobre exploração religiosa adaptada dos livros do criativo e escritor PJ Pereira. A produtora dos sócios brasileiros Alex Mehedff, Gualter Pupo, Carlão Busato e João Caetano Feyer comprou os direitos de “A Mãe, A Filha e O Espírito da Santa” e da trilogia “Deuses de Dois Mundos”, que venderam mais de 150 mil exemplares.

Inspirada em casos reais de abuso e manipulação da fé, a série “O Espírito da Santa” irá explorar a realidade das instituições religiosas no país, sejam de origem africana ou europeia, que se aproveitam da ingenuidade e a submissão dos fiéis em prol de interesses pessoais, políticos e financeiros.

A história da religiosidade brasileira nas últimas décadas é contada através da trajetória de vida de Pilar, anunciada como a nova Messias, é corrompida pela sociedade e transformada no anti-cristo. Filha de uma mãe de santo do Codó, no interior do Maranhão, cidade conhecida como a capital brasileira da magia, segue rumo a Brasília, onde conhece o misticismo new age e as igrejas evangélicas, e chega a São Paulo para se tornar a líder espiritual mais poderosa do país.

A série é o segundo projeto do recém lançado Núcleo Global de Entretenimento da Hungry Man que tem como propósito contar histórias cujo impacto extrapole a indústria audiovisual. O primeiro trabalho realizado pela nova divisão foi o curta Saria, inspirado em um incêndio que ocorreu num orfanato da Guatemala em 2017 e matou 41 adolescentes. O filme dirigido por Bryan Buckley, também sócio da produtora, foi indicado ao Oscar 2020 na categoria curta metragem live action.

A veiculação da obra será via streaming. A produtora está negociando com as plataformas.