Douglas Tavolaro, CEO da CNN no país, na capa da nova edição da Forbes Brasil

Sob o título “Guerra no ar – CNN estreia no Brasil em plena pandemia – e já briga pela liderança”, o canal foi o destaque da capa na nova edição da Forbes Brasil. A revista traz matéria em que aborda como a CNN estreou no país “com os canhões voltados para dois alvos: o coronavírus e a GloboNews”, na disputa pela audiência da TV por assinatura.

A publicação traz extensa entrevista com Douglas Tavolaro, idealizador, sócio-fundador (ao lado do empresário Rubens Menin, dono da construtora MRV) e CEO da CNN no Brasil. A foto do executivo estampa a revista, que traça um breve perfil do paulistano do bairro do Tatuapé, agora dono de 35% da CNN Brasil, que atingiu esse feito com apenas 42 anos de idade – 20 dos quais dedicados a erguer outro império: a TV Record, de onde saiu como vice-presidente de jornalismo.

Com estreia no dia 15 de março no Brasil, a CNN entrou no ar decidida a derrubar a supremacia da GloboNews no segmento das TVs por assinatura focadas em jornalismo, como destaca a reportagem da Forbes, que lembra também que o canal estreou com todas as cotas de patrocínio vendidas para marcas como Volkswagen, Cielo e Santander.

Como traz o texto da Forbes, o coronavírus foi a grande atração dos primeiros momentos de vida da emissora no Brasil (cobertura que, aliás, tem tido destaque e colocou a CNN 0,3 ponto atrás da líder na audiência), tanto quanto as estrelas do elenco de apresentadores, como William Waack, Evaristo Costa e Monalisa Perrone (todos ex-Globo), além de Gottino (ex-Record).

Publicidade