BRF cria subsidiária e compra empresa de aves na Turquia

OneFoods vai atuar no mercado muçulmano e incorporar ativos da Banvit

A BRF (resultado da fusão da Sadia e Perdigão) acabou de criar a OneFoods, que vai atuar no mercado muçulmano, e já anunciou a primeira aquisição da subsidiária. A Banvit, líder em produção de aves na Turquia, foi adquirida por meio de uma joint venture entre a BRF e a Qatar Investment Authority (QIA), representando 60% e 40% da participação societária, respectivamente.

A Banvit é uma empresa integrada, com instalações que vão do controle da ração ao processamento final do alimento. São cinco fábricas de ração, quatro incubatórios e cinco plantas produtivas. “As unidades estão localizadas na região oeste do país, onde está concentrado o maior número de consumidores, e na região leste, que a posiciona como única empresa capaz de atender tanto o mercado interno quanto o externo”, ressalta Pedro Faria, CEO Global da BRF.

Os ativos da Banvit serão incorporados à OneFoods, subsidiária da BRF liderada por Patricio Rohner e dedicada ao mercado halal. “A aquisição da Banvit é o primeiro passo da agenda de aceleração do crescimento da OneFoods, que tem market share de aproximadamente 45% em produtos de frango na Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Qatar e Omã, mercados nos quais opera com distribuição própria e amplo portfólio de produtos”, explica Rohner. 

A Turquia tem uma população de cerca de 80 milhões de pessoas, que responde por cerca de 10% do consumo halal de aves no mundo. Ainda assim, o consumo local de frango per capita é pequeno, cerca de 20kg ao ano, e o mercado de alimentos processados apresenta baixa penetração. Isso significa que o mercado turco oferece um grande potencial de crescimento. “Além das oportunidades de crescimento no mercado turco, principalmente em produtos processados, vemos sinergias comerciais e operacionais importantes na integração das operações da Banvit e da OneFoods, consolidando ainda mais nossa força e liderança no mercado halal de proteína animal”, ressalta Patricio.

A conclusão da transação, que contempla em uma primeira etapa a compra de 79,5% da Banvit e, posteriormente, uma oferta pública aos 20,5% minoritários restantes, está sujeita ao cumprimento das condições precedentes dos documentos definitivos, incluindo as aprovações concorrenciais. O valor de firma da Banvit foi avaliado em US$ 470 milhões.

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações