J&F vende Alpargatas

Itaúsa e Cambuhy fizeram a compra por R$ 3,5 bilhões

Depois de muita especulação, o Grupo J&F anunciou a venda da Alpargatas para a Itaúsa (holding de investimentos e Itaú) e Cambuhy/Brasil Warrant (braço de investimento da família Moreira Salles). A transação, no valor de R$ 3,5 bilhões, foi negociada para cumprir com as obrigações do acordo de leniência que os irmãos Joesley e Wesley Batista fecharam com o Ministério Público Federal (MPF), num total de R$ 10,3 bilhões em 25 anos.

A Alpargatas tem marcas como Havaianas, Mizuno, Dupé e Osklen. Com a negociação, Itaúsa e Cambuhy vão deter 54,24% do capital total da empresa. O objetivo dos novos proprietários é fazer uma oferta pública de ações para comprar mais papéis. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Silvio Tini, que tem 10% do capital total, não teria interesse em vender seus papéis, enquanto 34% do restante estão em negociação na Bolsa paulista, a B3.

A J&F comprou a Alpargatas em novembro de 2015 por R$ 2,6 bilhões. Na época, a empresa pertencia a Camargo Corrêa, uma das construtoras envolvidas na Operação Lava Jato. Com marcas fortes como Havaianas, é uma das poucas empresas brasileiras com atuação global, em que 50% da receita vem do mercado internacional. 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações