Mastercard lança identidade sonora

Novidade complementa transição para uma “marca simbólica” e traz parcerias com artistas como Mike Shinoda e Camila Cabello

Reprodução

A Mastercard anunciou na última sexta-feira, 8, durante a temporada do Grammy – uma das maiores premiações da indústria musical do mundo, a sua nova identidade sonora.

O recurso foi criado para estabelecer um novo ritmo para a expressão da empresa e continuar o processo de transição para uma “marca simbólica”. No início de janeiro, a empresa já havia removido sua assinatura da logomarca, e os círculos vermelhos e amarelos entrelaçados passaram a aparecer sozinhos em cartões, sinalizações físicas e digitais e em patrocínios (relembre aqui).

A nova melodia da Mastercard será a base da arquitetura de som da companhia para trilhas, logos sonoros e em pontos de vendas.

 

Para garantir a identificação com pessoas de todo o mundo, a marca explorou músicos e artistas de diferentes nacionalidades, com destaque para o inovador musical, Mike Shinoda, do Linkin Park. A estratégia de lançamento contou ainda com um novo programa de marketing multicanal estrelado por Camila Cabello, uma das indicadas desta edição do Grammy.

A Mastercard também apresentará sua nova marca sonora no Mastercard Sensory Lab at Fred Segal, um espaço onde estarão disponíveis experiências interativas e produtos exclusivos de empresas parceiras, como a Joe Freshgoods e a Kyle.   

Após o cronograma de lançamento nos Estados Unidos, o som Mastercard será ativado no BRIT Awards, em Londres, e no Mobile World Congress, em Barcelona. A empresa prevê também outras ações ao redor do mundo nos próximos meses.

Para a empresa, a identidade de som não apenas conecta a marca aos consumidores em uma nova dimensão, mas também é uma ferramenta que permitirá aos clientes comprarem, viverem e realizarem pagamentos em um mundo cada vez mais digital e móvel.

De acordo com pesquisa da OC&C Strategy Consultants, até 2022 as compras de voz, utilizando recursos como o Google Home ou o Amazon Echo, chegarão aos US$ 40 bilhões.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações