Cachorro come cartão, Itaú entra na brincadeira e post viraliza

Marca promove ação de relacionamento que vem gerando engajamento nas redes

Reprodução/Facebook

Na última sexta-feira, 8, a redatora Mariane Fonseca compartilhou em seu Facebook um relato sobre um “problema” que teve ao receber um cartão do Itaú, onde havia acabado de abrir uma conta.

Mariane contou que, ao ser entregue, o documento foi encontrado primeiro pelo buldogue Chico. Descrito por ela como um “árduo ativista anticapitalismo”, o cãozinho comeu todo o cartão. Anteriormente, ele já havia destruído o IPTU, duas contas de luz, um boleto do condomínio e uma conta de gás.

Em linguagem divertida, a publicação alcançou 45 mil compartilhamentos e logo chegou ao conhecimento do banco, que “adorou o post.”

No domingo, 10, a redatora compartilhou elogios a qualidade do atendimento da equipe de sua agência, que resolve agora a questão do cartão. O banco também enviou “mimos” ao Chico: uma bolinha, um osso e biscoitos de camomila (para acalmá-lo?). De sua dona, o pet ganhou de presente um perfil no Instagram, o @chicodocartao. A ação de relacionamento do banco também vem sendo elogiada nas redes sociais.

Quem também aposta em engajamento com os mascotes de seus clientes é o Nubank. Em 2016 o banco ganhou repercussão ao enviar presentinhos para a cachorrinha Belinha, que havia mastigado o cartão do tutor Walter. Já no final do ano passado, a instituição enviou brinquedos ao saber que o cachorro Tobby, de sua cliente Tuilla Oliveira, havia ficado doente – a fisioterapeuta acabou atrasando o pagamento da fatura para custear as despesas de saúde de seu bichinho.

 

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações