Creator’s House quer ser hub de influence marketing

Espaço de colaboração criativa envolve o youPIX e a Content House com cenário customizável

Foi lançada no último dia 24, em São Paulo, a Creator’s House. O propósito é ser um hub de criatividade de branded content para materializar projetos de jovens empreendedores digitais com salas de coworking, aceleradora, laboratório, estúdios de som e imagem, escola, cenários customizáveis e até um rooftop com vista para o bairro da Vila Madalena. O projeto une a Co-Creators, Content House e a plataforma youPIX, que vão colocar à disposição dos usuários especialistas como filmakers e analistas de big data.

Divulgação

“É um ambiente por onde vão circular desde líderes de grandes marcas e anunciantes a influenciadores consolidados, o que, com certeza, inspira quem já está acostumado a fazer conteúdo de um jeito mais tradicional e, ainda mais, aqueles que estão começando”, afirma Adrianne Elias, CEO e fundadora da Co-Creators e da Content House.

A executiva explica que a inspiração do negócio se deu através de conversas com agentes da indústria e a constatação de que falta profissionalização nas funções e no negócio de influence marketing.

“Os influenciadores se desenvolveram sozinhos, alcançaram grandes feitos, audiências, projetos, verbas, mas agora as marcas, até por investirem mais nesse segmento, requerem também um grau de profissionalização maior, tanto na produção quanto na apuração dos resultados, no planejamento e na estratégia. É nisso que temos nos diferenciado. Os influenciadores têm visto valor na nossa proposta, as marcas também. O modelo é acelerar os criadores digitais nos seus negócios e nichos; é um modelo de revenue share, de sociedade, já que somos sócios do criativo, à medida em que desenvolvemos conteúdo, canais e projetos em conjunto”, fala.

Na era dos influenciadores, é necessária a compreensão dos conteúdos que estão sendo gerados. “Cada vez menos as pessoas vão consumir propaganda tradicional, ou seja, as marcas falando delas mesmas. As pessoas querem se relacionar, ter dicas e opiniões de alguém que de fato esteja ali trabalhando para um conteúdo verdadeiro, relevante, que faça sentido”, explica Adrianne. “O desafio é esse: não tentar encaixar a velha propaganda dentro de algo completamente diferente, que é o influence marketing. Um dos nossos primeiros projetos, que vai estrear nesta semana, é o canal Me Poupe, no YouTube, da Natalia Cury, para o Serasa, para falar do Feirão do Endividamento. É um conteúdo 100% alinhado com a pauta editorial do Me Poupe, com o estilo da Natália e com o público dela”, finaliza.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações