Crescimento digital do The New York Times impulsiona receita e lucro

Assinaturas da versão online do jornal resultaram em um ótimo trimestre para a publicação

O The New York Times anunciou na última quinta-feira (27) que o faturamento com publicidade online avançou 23% entre abril e junho, atingindo US$ 55 milhões. E as operações na internet representam 42% da receita total da companhia, contra 34% do mesmo período em 2016.

O jornal conquistou 93 mil assinantes digitais em seus produtos de notícias, ampliando a receita nesta categoria para US$ 83 milhões, 46% a mais do que no mesmo período do ano passado. Atualmente são 2,3 milhões de assinantes restritos ao meio digital, total que inclui os que assinam apenas as palavras cruzadas do veículo.

“Cremos que a busca por jornalismo de qualidade e por artigos de profundidade está em crescimento não apenas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo”, disse o presidente executivo-chefe do NYT, Mark Thompson.

A receita de publicidade no impresso caiu 11%, para US$ 77 milhões, mas o faturamento da publicidade como um todo teve uma pequena alta de US$ 1 milhão em relação ao mesmo período de 2016, atingindo US$ 132 milhões. No segundo trimestre desse ano, a receita total da companhia foi de US$ 407 milhões, uma alta de 9% em relação ao mesmo período de 2016. Já o lucro operacional atingiu US$ 28 milhões entre abril e junho, contra US$ 9 milhões do ano anterior.

Com informações de O Estado de S. Paulo

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações