O marketing de Ariel Barbeiro, criador do corte Blindado

Ex-presidiário viraliza na internet e cai nas graças das redes sociais

Reprodução/Instagram

O ano está terminando e um dos últimos memes de 2018 traz uma história inspiradora para quem pensa em bombar os negócios nas redes sociais. A trajetória de Ariel Franco, criador do corte Blindado, é exemplo para o novo marketing que vem crescendo na web.

Logo no começo da carreira, Ariel Barbeiro, como é conhecido no mundo digital, cortava o cabelo de algumas crianças da periferia da zona norte de São Paulo. Um de seus segredos era fazer desenhos criativos nos pequenos, o que aguçava os coleguinhas que queriam cortes parecidos. Na época, ele cobrava apenas R$ 10 por corte. Tal estratégia o fez conhecido no bairro da Vila Brasilândia, mas Ariel descobriu que poderia atingir mais pessoas com o poder da internet.

"Criei o primeiro Instagram em 2016. Notei que precisava de uma boa qualidade de imagem, uma boa iluminação", analisa. "Comprei um telefone com a qualidade de imagem boa. Criei um novo perfil e comecei a postar tudo diferente. Mostrando meus trabalhos com qualidade. Comecei a crescer", recorda em entrevista ao PROPMARK.

O sucesso começou, mas um cliente deixou o rapaz com a pulga atrás da orelha: ele reclamou que cortava o cabelo mas, no outro dia, o penteado já estava desmanchado. "Pra que eu vou pagar o corte? Pra ficar só um dia?", vociferava o cliente insatisfeito.

O barbeiro começou a desenvolver técnicas que culminaram no corte que mudou sua vida: o Blindado. "Quando amassei o penteado com a mão e joguei na internet, começou a viralizar", diz se referindo ao fato de sempre testar o tal "Blindado" colocando algo na cabeça dos clientes, como um frigobar, capacete e, até mesmo, uma moto.

"Sempre orgânico. Nunca botei um real no Instagram", comemora. Mas como é possível? Segundo Ariel, o segredo é fisgar a audiência e deixá-la curiosa para o desfecho dos vídeos. "Quando eu coloco algo na cabeça do cliente, eu obrigo as pessoas a verem. Elas querem ver se o cabelo vai voltar. É como um ímã", exemplifica.

O sinal do indicador no fim dos vídeos significa uma resposta do barbeiro para quem duvidava de sua capacidade. "Por eu ser um ex-presidiário, muitos desacreditaram do meu potencial. Falaram que não ia dar certo. Foquei nisso e pensei: vou usar essas palavras como um impulso. Tenho a obrigação de mostrar para essas pessoas que elas estão erradas a meu respeito", relata o rapaz que iniciou sua paixão pela barbearia ainda na cadeia.

Hoje, Ariel tem dois patrocínios, uma barbearia própria, dois funcionários e diversos workshops marcados. Só em 2019, o profissional já tem presença confirmada em 11 eventos e datas internacionais em países como Chile, Itália, Colômbia e, possivelmente, Alemanha.

Tudo isso combinado a um perfil que já ultrapassou os 100 mil seguidores e também uma repercussão monstruosa em perfis de humor e sites noticiosos. Ao que parece, isso é só o começo para o jovem de 25 anos.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações