ANA encontra práticas não transparentes em agências

Entidade busca uma maior conscientização do mercado americano

A ANA (Associação de Anunciantes Nacionais) afirmou que existem práticas de produção não transparentes em várias agências de publicidade americanas, alimentando preocupações com a falta de responsabilidade.

Entre as descobertas do relatório de Transparência de Produção da ANA, no relatório da Indústria de Publicidade dos EUA, o uso da produção interna da agência nem sempre é transparente para o anunciante, levando a ineficiências de custos.

O relatório incluiu também uma série de alegações, entre elas, que algumas agências adotaram contratos de produção e pós-produção em direção a suas produções internas, possibilitado pelo controle das agências pelo sistema de licitação.

"Nós estamos ouvindo rumores sobre isso nos últimos dois anos no sistema de comitês. Foi somente depois de pequenos editores independentes falarem sobre sua desvantagem competitiva de que essas práticas estavam sob escrutínio", disse Bill Duggan, vice-presidente executivo do grupo da ANA, para a Adweek.

Divulgação

As descobertas surgem seis meses depois que o jornal Wall Street informou que o departamento de justiça dos EUA havia aberto uma investigação para saber se as agências de publicidade e as holdings estavam manipulando ofertas para direcionar negócios internamente, uma prática ilegal. Os quatro maiores grupos foram todos citados em dezembro passado.

Em nota ao Wall Street, a holding WPP informou que não irá comentar o caso até analisar o relatório final.  

Com informações do Warc

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações