Netflix, J&J, Pepsico e AKQA mostram cases marcantes de branded content

Anunciantes e agência participaram da quarta edição de evento focado na área

Alê Oliveira

A 4ª edição do evento "Desvendando o Branded Content" aconteceu nesta quinta-feira (14), no Senac Santo Amaro. Com mediação, idealização e curadoria de Patricia Weiss, produtora executiva da Asas.br.com e chairwoman da BCMA South America, o evento contou com a participação de especialistas que elencaram cases exemplares do formato.

Thiago Cesar Silva, brand manager da Netflix, foi um dos participantes. O profissional ressaltou que um dos desafios para a plataforma de streaming é fazer branded content sendo uma marca de conteúdo. O profissional destacou o case "Os Originais", criado em parceria com a agência AKQA. O episódio mencionado pelo executivo conta a história da Drag Queen Chandelly Kidman.

O brand manager ressalta que a ideia surgiu depois do backlash que a Netflix recebeu ao lançar a animação Super Drags. "Se tornou quase uma responsabilidade da marca em defender aquela comunidade", disse o profissional referindo-se à comunidade LGBTQ+.

Daniela Cachich, vice-presidente de marketing da Pepsico, também esteve presente. A profissional apresentou dois cases de marcas do grupo: um de Doritos e outro para eQlibri.

No primeiro caso, a marca fez um filme de lançamento para o Doritos Rainbow no Brasil, edição limitada da tortilla que celebrou a diversidade. A criação foi da AlmapBBDO e a produção da Spray Filmes.

Já no caso de eQlibri, a empresa criou um vídeo que tratou da percepção que as mulheres têm sobre seus corpos. "As marcas precisam falar sobre temas que sejam relevantes para as pessoas", disse a executiva. Além da campanha, a marca estendeu a linguagem visual para as embalagens do produto. Criação da BETC e produção da Trator Filmes.

Já Gabriela Onofre, sênior e marketing director na Johnson & Johnson, destacou o case de Sempre Livre que resolveu desmistificar a menstruação. O documentário "Nosso Sangue Nosso Corpo" foi feito pela Fox Lab Brasil e a produtora YourMama, reiterando posicionamento "Sempre Juntas", criado à época pela DM9DDB.

"Queríamos resgatar essa essência da marca", relatou Gabriela observando que a J&J criou o primeiro absorvente e, no passado, também ajudava mulheres a entenderem o que era menstruação.

Os diretores de criação Hugo Veiga e Diego Machado, sócios da agência AKQA, também falaram durante o evento. Os criativos, responsáveis pelo clássico de Dove "Retratos da Real Beleza", destacaram um case de Netflix feito para promover Stranger Things.

Segundo o português Hugo Veiga, a ideia era daquelas "que dão medo". Durante uma hora, a Netflix tomou conta da programação do SBT. "Era um merchan puro", explicou o diretor. O resultado: a emissora conquistou o primeiro lugar de audiência no período e a Netflix emplacou duas hashtags nos TTs do Twitter.

Leia a cobertura completa do evento na próxima edição impressa do PROPMARK.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações