Pense simples, se reinvente e siga em frente

Para começar, responda à seguinte pergunta: você é uma pessoa aberta a mudanças? Essa resposta vai ajudar a dizer se você está preparado ou não para empreender. Nesse ecossistema empreendedor, as mudanças acontecem diariamente e elas podem ser pressionadas por todos os lados, como a concorrência, os clientes, o seu público interno ou os seus investidores. E se você não estiver preparado para se adequar a essas transformações, meu caro, você pode morrer na praia.

A minha história como empreendedor foi marcada por algumas mudanças. A primeira delas foi com a Samba Mobile, que foi a empresa que deu origem à Samba Tech. Caso você não saiba, a primeira era especializada em venda de joguinhos para celular e, em pouco tempo de estrada, nós dominamos a América Latina e nos tornamos referência. Tudo ia bem até que me vi em um cenário onde ou eu “pivotava” o negócio, ou eu seria engolido pelos grandes concorrentes do mercado.

As coisas não iam bem e mudar era a única opção disponível. Foi então que resolvemos apostar as nossas fichas no mercado de vídeos online e criamos o Samba Vídeos, uma plataforma de vídeos online que era focada em grandes grupos de mídia, empresas e universidades. O negócio ia (e vai) bem, mas começamos a receber clientes menores, com o foco na venda de conteúdo em vídeo de forma mais simplificada. Um mercado novo para nós e que exigiu, mais uma vez, nos adequar às mudanças, dessa vez impulsionadas pelos nossos clientes. A partir disso é que nasceu o Samba Play, uma plataforma que permite a venda e a distribuição de vídeos na internet.

As startups, na maioria das vezes, atuam em mercados novos, incertos e cheio de competidores pequenos. Por isso, qualquer tipo de planejamento de longo prazo não tem validade, já que quem dita as regras do jogo são os consumidores e, por isso, é preciso estar preparado para mudar o modelo de negócios, a estratégia de marketing ou até mesmo o produto. Essa é, inclusive, uma característica muito positiva das startups: a capacidade de mudar e inovar rapidamente.

Muitas empresas têm dificuldade em mudar de direção e isso pode acabar com um negócio. É claro que nenhuma mudança ocorre do dia para noite e ela deve começar de dentro. Quando a Samba mudou o seu core business, contei com o apoio de um time incrível que vestiu a camisa e fez de tudo para que desse certo. Ter pessoas que acreditam no negócio tanto quanto você, e isso é essencial para que você tenha coragem de abraçar novos desafios e mergulhar em um oceano que, em alguns momentos, pode parecer que não tem nada de azul.

Quando essas mudanças são impulsionadas pelo mercado, meu caro, aí não tem para onde correr. Um caso que sempre é citado por aí é o da Kodak, que por muitos e muitos anos foi a líder no segmento de filmes para fotografias. Só para você ter uma ideia, os filmes da empresa foram usados para filmar diversos longas premiados em Hollywood, a coroação da rainha Elizabeth, em 1953, e usado por Neil Armstrong para fotografar a superfície lunar durante a missão Apollo 11.  

Um negócio de sucesso e tanto, não é mesmo? Mas o tempo foi passando e a câmera digital, que teve um dos primeiros modelos criados pela Kodak lá atrás, ganhou o espaço dos filmes fotográficos. A Kodak, que confiava demais na sua tecnologia, não se adequou às mudanças do setor e acabou ficando para trás em relação à sua concorrência.

O fato é que mudanças acontecem o tempo inteiro e se você quer sobreviver neste universo empreendedor, é preciso que você saiba se adequar a todas elas, independente se você é o CEO ou um estudante que ainda está pensando em qual caminho seguir. Ter um planejamento de como todas as coisas devem ser é bem legal para você não perder o foco, porém ficar preso a esse planejamento pode fazer com que você feche os olhos para vários caminhos que poderiam ser bem melhores para você. Muitas vezes o mercado vai mostrar oportunidades e poucos vão segui-las. Não tenha medo de arriscar e seja um desses poucos. Pense simples, se reinvente e siga em frente!

Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações