Plataforma digital recebe doação de voz para deficientes auditivos

Ação da Propeg é para a Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos

Com o objetivo de chamar a atenção para o trabalho realizado pela Apada/BA (Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos do Estado da Bahia), a Propeg desenvolveu uma ação que permite às pessoas literalmente doarem suas vozes aos portadores de deficiência auditiva.

No hotsite Doe sua Voz (www.doesuavoz.com.br), é apresentado um vídeo em que um deficiente auditivo convida as pessoas a emprestar a voz delas para ele. Ao clicar no banner, o visitante é convidado a ler a legenda do filme como se estivesse em um karaokê. Ao final, áudio e vídeo são sincronizados e a peça pode ser compartilhada nas redes sociais do doador.

Divulgação

“As campanhas filantrópicas ou de causa têm quase sempre como abordagem a contribuição financeira, mas você só doa a quem conhece. Neste job, o principal objetivo era dar visibilidade à Apada e tornar conhecido o trabalho voluntário realizado há 24 anos. Por isso, a abordagem: ‘precisamos de apenas de uma doação: a sua voz’. A ideia é, por meio desta ação impactante, inusitada e instigante, gerar engajamento e divulgar o nome da Apada”, explica Fabiano Ribeiro, diretor de criação da Propeg.

De acordo com o criativo, para engajar o público é preciso apostar sempre na emoção. “E não há nada mais emocionante do que você ouvir a sua voz emprestada a uma pessoa com deficiência auditiva que não pode falar. A ação ajuda a Apada a partir do momento em que pessoas engajadas doam e compartilham suas vozes em prol da instituição, divulgando a sua marca e o seu trabalho”, fala o criativo.

Mesmo sendo uma associação local, Ribeiro afirma que o compartilhamento sem limites geográficos só pode ajudar. “Quando o objetivo é tornar o seu trabalho conhecido, sim, é bom que ação ultrapasse o limite geográfico local”, diz.

A campanha Doe Sua Voz tem criação de Fabiano Ribeiro, Luiz Celestino e Emerson Braga. A BossaNovaFilms produziu o vídeo, com direção de cena de Alê Lucas. A produtora de áudio é a Ritmka Audio Arts.

As pessoas portadoras de deficiência auditiva sofrem com o comprometimento da comunicação. A total ou parcial falta de audição pode ser causada por má formação genética ou por lesões nas estruturas do aparelho auditivo. O trabalho da Apada/BA é promover a conscientização dessa condição.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações