Vogue lança fórum para combater desigualdades

Revista anunciou a medida após polêmica envolvendo a diretora Donata Meirelles

Reprodução/Instagram

No último fim de semana, a diretora da Vogue Brasil, Donata Meirelles, comemorou seus 50 anos em uma festa em Salvador. A executiva desagradou parte do público ao aparecer em uma foto que diversos movimentos sociais classificaram como racista.

Após a repercussão negativa, Donata deletou a foto e esclareceu. “Não era uma festa temática. Como era sexta-feira e a festa foi na Bahia, muitos convidados e o receptivo estavam de branco, como reza a tradição. Mas vale também esclarecer: nas fotos publicadas, a cadeira não era uma cadeira de Sinhá, e sim de candomblé, e as roupas não eram de mucama, mas trajes de baiana de festa. Ainda assim, se causamos uma impressão diferente dessa, peço desculpas”, defendeu.

Por meio de nota, a Vogue Brasil lamentou o ocorrido e afirmou que espera que o debate gerado sirva de aprendizado. “Nós acreditamos em ações afirmativas e propositivas e também que a empatia é a melhor alternativa para a construção de uma sociedade mais justa, em que as desigualdades históricas do País sejam debatidas e enfrentadas”, disseram em um post no Instagram.

View this post on Instagram

Aos 50 anos, a hora é de ação. Ouvi muito, preciso ouvir ainda mais. Quero agir em conjunto com as mulheres que têm a me ensinar e com quem mais estiver disposto a ser elo em uma transformação que se faz necessária. Meu compromisso é me colocar em (re)construção! Em ação! #Repost @voguebrasil ・・・ Em relação às manifestações referentes à festa de 50 anos de Donata Meirelles, a Vogue Brasil lamenta profundamente o ocorrido e espera que o debate gerado sirva de aprendizado. Nós acreditamos em ações afirmativas e propositivas e também que a empatia é a melhor alternativa para a construção de uma sociedade mais justa, em que as desigualdades históricas do País sejam debatidas e enfrentadas. Em busca da evolução constante que sempre nos pautou, aproveitamos a reflexão gerada para ampliar as vozes dentro da equipe e criar, em caráter permanente, um fórum formado por ativistas e estudiosos que ajudarão a definir conteúdos e imagens que combatam essas desigualdades.

A post shared by donatameirelles (@donatameirelles) on

A revista anunciou ainda, a realização de um fórum de debate sobre desigualdade. “Em busca da evolução constante que sempre nos pautou, aproveitamos a reflexão gerada para ampliar as vozes dentro da equipe e criar, em caráter permanente, um fórum formado por ativistas e estudiosos que ajudarão a definir conteúdos e imagens que combatam essas desigualdades”, anunciaram.

Por meio de suas redes sociais, a executiva também se manifestou. “Aos 50 anos, a hora é de ação. Ouvi muito, preciso ouvir ainda mais. Quero agir em conjunto com as mulheres que têm a me ensinar e com quem mais estiver disposto a ser elo em uma transformação que se faz necessária. Meu compromisso é me colocar em (re)construção! Em ação!”, concluiu.

A revista, no entanto, ainda não deu detalhes sobre o projeto, nem os nomes de ativistas  e estudiosos que participarão do fórum.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações