Folha faz thread com estrutura literária para noticiar polêmica sobre o MEC

Jornal utiliza Twitter para explicar confusão envolvendo mudanças publicadas em edital

Reprodução/Twitter

Quem trabalha com mídias sociais sabe: é preciso adaptar a mesma mensagem para cada rede. No LinkedIn você fala de um jeito, no Facebook de outro e no Twitter é ainda mais diferente. Com isso em mente, a Folha de S. Paulo resolveu noticiar a polêmica envolvendo a publicação de um edital do Ministério da Educação (MEC) de uma maneira diferente.

Publicado no início de 2019, o documento falava sobre mudanças significativas para a compra de livros didáticos. Entre as principais mudanças, o edital havia deixado de exigir das editoras referências bibliográficas que apoiassem a estrutura editorial dos livros, o que permitiria a aprovação de obras sem qualidade, com erros e ainda visões de mundo particulares.

O governo federal atribuiu tais mudanças ao governo anterior. A Folha, por sua vez, resolveu utilizar a estrutura literária (com capítutlos e referência bibliográfica) numa série de tweets (thread) para noticiar a polêmica.

Confira (clique na data de publicação do tweet para acessar toda a thread):


*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações