Brasil recupera força e totaliza 25 Lápis do D&AD 2018

Almap, Grey e Ogilvy estão entre as mais premiadas neste ano

Divulgação

A qualidade criativa do Brasil voltou a se mostrar mais forte na edição de 2018 do D&AD, festival que acontece anualmente em Londres. Os júris das 28 competições concluíram hoje os seus respectivos trabalhos de votação e concederam um total de 721 Lápis entre mais de 20 mil trabalhos submetidos às avaliações. Em número de prêmios, o Brasil ficou em sétimo lugar, com um total de 25 Lápis. No ano passado, foram conquistados 15 e em 2016, 30 Lápis.

O D&AD, reconhecido internacionalmente pelo grande rigor na distribuição de prêmios, estabelece a qualidade dos trabalhos concorrentes com quatro  Lápis - de Madeira, que seria equivalente a um prêmio de bronze, se comparado a outros festivais; o de Grafite, que seria igual a um prêmio de prata;  o Lápis Amarelo que seria igual a ouro e, finalmente, o Lápis Preto, que tem equivalência a um Grande Prêmio. As distinções dos Lápis deste ano só serão conhecidas na noite de encerramento do festival nesta próxima quinta-feira (26). 

O D&AD abriu as portas para o público, dando início ao festival, nesta terça-feira (24), mas os grupos formados por 265 profissionais que integraram os júris estão trabalhando desde a última sexta-feira (20). Neste momento, os presidentes de cada um dos 28 júris estão votando, entre os vencedores de Lápis Amarelos, os trabalhos que podem ser elevados a Lápis Pretos.

Divulgação

Os 25 Lápis do Brasil deste ano estão distribuídos entre 12 agências de publicidade e empresas de comunicação.

A AlmapBBDO, Grey e Ogilvy estão entre a mais premiadas, cada uma com quatro Lápis. Africa e F/Nazca S&S também obtiveram bons resultados, cada uma com três Lápis. 

Divulgação

Veja abaixo a relação completa dos trabalhos premiados do Brasil:

1. Re-reborn, da FCB Brasil para Clube de Criação (Crafts for Advertising)

2. Vacina com Realidade Virtual, da Ogilvy para Hermes Pardini (Creativity for Good)

3. A cor da corrupção, da Grey para Reclame Aqui (Creativity for Good)

4. Vacina com Realidade Virtual, da Ogilvy para Hermes Pardini (Experiential)

5. Desenho do Abuso, da Africa para Disque Denúncia (Outdoor)

6. Mulheres, da Ogilvy para Forbes (Outdoor)

7. Refém da memória da F/Nazca S&S para Leica (Direção de Arte)

8. Battle of Geeks, da Iconoclast para CCXP (Branded Content & Entertainment)

9. Vacina com Realidade Virtual, da Ogilvy para Hermes Pardini (Branded Content & Entertainment)

10. Nosferatu, da AlmapBBDO para Getty Images (Digital Design)

11. Nosferatu, da AlmapBBDO para Getty Images (Digital Marketing)

12. The Getty Pen Project, da AlmapBBDO para Getty Images (Digital Marketing)

13. Safe Cap, da GTB Brasil para Ford (Digital Marketing)

14. A cor da corrupção, da Grey para Reclame Aqui (Direct - cat. Produto e Serviço)

15. On Hold Music Festival, da Grey para Reclame Aqui (Direct)

16. A cor da corrupção, da Grey para Reclame Aqui (Direct - cat. Resposta Direta Digital)

17. Antropofagia, da F/Nazca para Pinacoteca (Film Craft)

18. Next Bank, da R/GA para Bradesco (Design Gráfico)

19. The Never-Ending forest App, da David para Faber Castell (Design Gráfico)

20. Bienal de Dança, de Jorge Romanos e Naíma Almeida para Sesc (Design Gráfico)

21. The Debut, da Africa para Budweiser (Media)

22. Made of Brazilian summer, da AlmapBBDO para Havaianas (Press)

23. Não culpe as roupas, da J. Walter Thompson para Womanity Foundation (Press)

24. Refém da Memória, da F/Nazca S&S paa Leica (Press)

25. Quadras da desigualdade, da africa para ESPN (Spatial Design)

 

 

 

 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações