Young Lions ressalta criatividade e ganha nova nomenclatura no Brasil

Projeto passa a se chamar Young Lions Brazil Creativity Program

O programa Young Lions Brazil, realizado pelo jornal O Estado de S.Paulo - representante oficial do Festival Internacional de Criatividade Cannes Lions -, chega com uma série de novidades para a competição de 2019. 

O projeto que conta com a organização da Editora Referência, que edita o PROPMARK, e que tem a coordenação do publicitário Emmanuel Publio Dias, já levou mais de 400 profissionais brasileiros ao festival. Realizada desde 1992, a iniciativa agora passa a se chamar Young Lions Brazil Creativity Program. A nova nomenclatura amplia significamente a possibilidade de participação de qualquer profissional que trabalhe na indústria de comunicação. Sem restrições a cargos e empresas.

“Os criativos não estão apenas nos departamentos de criação das agências de propaganda. Anunciantes, profissionais de mídia, diretores de cena, designers, ilustradores e produtores de conteúdos, entre outros, também são reconhecidos pela criatividade com que solucionam problemas e entregam resultado. Com isso, vamos adotar a palavra criatividade no nome do programa e em todas as categorias”, diz o publicitário Emmanuel Publio Dias.

Entre as mudanças, a antiga categoria de Criação, que reunia as áreas de Print, Digital, Design e Film, agora passa a se chamar Criatividade em Comunicação e Craft, incluindo todas as atividades de Design, Film, Mobile, Outdoor, Print, Radio, Digital e Craft.

Completam ainda o programa as categorias de Criatividade em Mídia; Criatividade em Planejamento, Produção e Gestão de Insights; Criatividade em Gestão e Administração de Contas Publicitárias (Atendimento); Criatividade em Marketing e Anunciantes; Criatividade em Relações Públicas; e Criatividade em Live Marketing. O método de inscrição também ganha um processo mais simples.

“Os candidatos farão a inscrição em duas etapas. Na primeira, o interessado se qualifica, envia os documentos e escolhe as categorias que deseja participar. Será possível participar em mais de uma categoria. Na segunda etapa, ele enviará seu portfólio ou cases, dependendo da categoria. Vamos ter um processo mais simples, seguro e mais fácil de julgar”, diz Publio Dias.

Ainda segundo o publicitário, a novidade para este ano é que a seleção dos diversos shortlists nas diferentes categorias será feita às cegas, ou seja, o jurado não terá acesso ao nome dos candidatos na primeira fase. A ideia é dar as mesmas condições para homens e mulheres. “Especificamente para a categoria Criatividade em Comunicação e Craft, o anonimato das inscrições vai se manter até o final. O júri presencial não terá acesso aos nomes dos participantes”, diz.

A diversidade também será um ponto importante. O programa quer incentivar a inscrição de mais mulheres. “Estamos conversando com as entidades parceiras, escolas e patrocinadores para que todos batalhem por uma maior inserção de mulheres. Queremos promover eventos, mentorias e workshops para apoiar as inscrições delas. Nosso objetivo é que a participação de homens e mulheres seja paritária. Todos os júris presenciais serão equânimes em gêneros”, finaliza Publio Dias.

Para dar início à comunicação do Young Lions Brazil Creativity Program, a agência Young & Rubicam, responsável este ano pelas campanhas, traz como mote O 31 chega rápido, fazendo referência à idade dos competidores, que devem ter no máximo 30 anos para participar.

Divulgação

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações