Relacionamento com influenciadores

Plataforma youPIX Hub oferece conteúdo com o propósito de suprir demandas de conhecimento de profissionais que trabalham com criatividade

Conteúdo é a base do relacionamento entre pessoas e empresas no ambiente digital. Com o lema “Learn, Connect, Grow, acaba de ser lançado o  youPIX Hub, dos sócios Bia Granja,  Bob Wollheim, ambos co-fundadores do site, e a diretora geral Dani Costa. Trata-se de uma plataforma de conhecimento e conexões oferecem programas dirigidos aos profissionais da indústria de criadores de conteúdo on-line.

“A plataforma nasceu com a missão de trazer conhecimento de qualidade e promover conexões que farão diferença no futuro de quem produz conteúdo digital. Isso porque fazemos parte desta indústria desde o início e sabemos que chegou a hora dela crescer e de se profissionalizar”, detalha Dani.

Segundo a executiva, o objetivo é ajudar toda a indústria de criadores com conhecimento de qualidade, conexão com os principais players do mercado e no crescimento dos negócios e das carreiras. “Nossos programas são voltados para os diferentes perfis de profissionais que trabalham com produção de conteúdo digital como “creators”, jornalistas, publicitários, assessores de imprensa, marcas, agentes e outros. Nossos programas estão divididos em quatro trilhas de conteúdo: negócios e empreendedorismo, conteúdo e criatividade, social media e tendências e comportamento”, explica.

No momento, o youPIX Hub conta com seis programas disponíveis para compra. Um deles é o “How to embrace the Snapchat revolution”, que vai explorar como marcas podem fazer na maior e mais inovadora plataforma de conteúdo do momento, o Snapchat. Outro programa é oSpotify: “Como a música pode ajudar a engajar a sua audiência? ”,que vai falar sobre como a música pode ajudar as marcas a construírem identidade e, a partir daí, engajar a sua audiência ou criar comunidade. Também tem o “Como criar uma estratégia de relacionamento com influenciadores? ”, que vai apresentar cases e as boas práticas do mercado, e explicar por que os releases tradicionais não funcionarem mais, como gerar leads, aumentar brand awareness e mudar a percepção de uma marca.

O programa “Como criar um mídia kit matador?” vai falar sobre como montar um mídia kit atraente, com formas de apresentar o canal, conceituação, organização das informações e como precificar.

O curso “Dinheiro: como multiplicar o seu?” vai ensinar de forma simples, clara e eficiente a ter o controle sobre a própria renda e encontrar as respostas pra saber qual é o momento certo de se dedicar apenas ao negócio digital. E ainda o “Out of Control – os seis novos paradigmas do conteúdo digita”. Este programa vai falar sobre como a internet inverteu as relações de poder e de influência, mudando completamente a maneira como é criado e consumido conteúdo, informação e entretenimento.

É a primeira vez, segundo Dani Costa, que o youPIX desenvolve uma plataforma de educação online. “Durante a criação do projeto, em nossas pesquisas mundo a fora, não encontramos uma iniciativa que oferecesse um pacote tão completo e com oportunidades exclusivas para a indústria de Creators. Juntamos em nossos programas os componentes que acreditamos serem  fundamentais para um ciclo de aprendizagem teórico-prático-vivencial: aulas online com especialistas + encontro virtual para networking e troca de informações que chamamos de Interaction + uma atividade de conexão, em que os participantes que mais se destacarem ao longo do programa terão acesso a pessoas relevantes no mercado e oportunidades exclusivas de negócio, como reuniões, eventos, ferramentas e consultorias que chamamos de Connection. Por isso, dizemos que o Hub é uma espécie de escola e aceleradora de negócios e carreiras”, conta.

Na visão dos sócios, a demanda por conteúdo vai aumentar tendo em vista que é peça fundamental para o relacionamento entre pessoas e empresas no ambiente digital. “Com a queda da hierarquia na maneira como a gente cria e consome conteúdo, publishers estão se transformando em marcas e marcas estão se transformando em publishers. Ou seja, não são mais apenas veículos que produzem conteúdo. Agora, quem antes só financiava e quem só o consumia também entraram no jogo. O grande desafio vai ser acomodar todos esses players dentro de uma nova equação mercadológica que produza valor para todas as partes. E isso só vai ser possível se houver essa conexão entre eles”, comenta Dani. Sobre tendências, Dani diz que vê uma maior participação da tecnologia no universo de conteúdo e um aumento do foco em soluções que atendam o ritmo de vida cada vez mais mobile das pessoas.

Sobre as expectativas, Dani comenta que a plataforma está em fase beta. “Esperamos receber ainda mais feedbacks sobre o Hub, como sugestões de melhorias ou a temática dos programas de interesse do nosso público. Além disso, seguimos produzindo programas com conteúdo de qualidade e criando oportunidades exclusivas com nossos parceiros. O Hub nasceu com a ideia de ser uma plataforma global, para criadores de conteúdo no mundo todo. Daqui para frente esse é o nosso desafio”, adianta.

O retorno comercial da plataforma virá, inicialmente, por meio da venda dos programas para o público em geral. “Mas já estamos trabalhando para criar soluções para empresas, voltados para a capacitação de colaboradores e para os programas de recrutamento de novos talentos”, adianta.

Divulgação

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações