Campanha da NeogamaBBH apresenta Banco do Planeta

Iniciativa é do Bradesco que une ações sociais em guarda-chuva único

O 2008 que se aproxima é o Ano Internacional do Planeta Terra. Para o Bradesco, o maior banco privado do País, a homanegem começa já. Com anúncios no formato multipage desenvolvidos pela agência NeogamaBBH, publicados (hoje, 13) em alguns dos principais jornais brasileiros, o banco formaliza o lançamento do Banco do Planeta. Os principais ativos são os projetos sócio-ambientais e também os de cunho social administrados pelo Bradesco. De acordo com o executivo Luca Cavalcanti, diretor de marketing do Bradesco, os 45 milhões de correntistas do banco recebem talões de cheques impressos em papel reciclado. São cerca de 700 toneladas de papel consumidas mensalmente. 

As emissões dos oito mil funcionários baseados na matriz do banco na Cidade de Deus, em São Paulo, foram compensadas neste ano com o plantio de 37 mil árvores. Com o SOS Mata Atlântica, já são 22 milhões de mudas plantadas. Cavalcanti também enfatiza que a Fundação Bradesco investe R$ 200 milhões na educação, alimentação e recreação de 107 mil jovens nas suas unidades escolares. "O Banco do Planeta vai juntar todos os projetos do Bradesco nessa direção. Temos um trabalho sólido e que comprova o nosso envolvimento com ações relacionadas à preservação e educação. Há uma certa comoditização no discurso da sustentabilidade e o Bradesco não quer entrar nessa via. Queremos exibir para o mercado o que fazemos e o Banco do Planeta é a platarforma que escolhemos para esse fim", disse Cavancanti.

As peças de comunicação assinadas por Alexandre Gama e sua equipe de criação na NeogamaBBH não formalizam uma campanha publicitária. "É mais do que isso, é posicionamento", enfatiza o diretor de marketing do Bradesco. "Vamos estar mais envolvidos e não vamos esconder o que fazemos, afinal somos um banco completo. O Banco do Planeta coincide com o Ano do Planeta em 2008", acrescentou Cavalcanti.

O Ano Internacional do Planeta Terra surgiu após debate no 31º Congresso Internacional de Geologia realizado há sete anos no Rio de Janeiro. A Unesco abraçou a idéia e lidera as organizações envolvidas no projeto que faz de 2008 o Ano Internacional do Planeta Terra. O Bradesco tem orçamento anual de marketing de R$ 300 milhões. A publicidade institucional, seguros e linha Prime estão na carteira de negócios da NeogamaBBH, criadora do more Bradescompleto; o cartão American Express está na Ogilvy; cartões e linhas de crédito estão na MatosGrey; a FabraQuinteiro coordena o BMC e Finasa; a Y&R cuida do crédito para pessoas física e jurídica; e a Publicis Brasil, por enquanto, está com os projetos da área Corporate. Por enquanto? Sim, porque a Publicis Internacional acaba de ganhar o Citibank.

Cavalcanti não quer comentar o assunto, mas o tema estará na pauta de planejamento de marketing para 2008. "Vamos manter a política de ter menos agências", frisou o executivo. Na área Below The Line, o Bradesco trabalha com a B/Ferraz, Banco de Eventos, Momentum, NeogamaBBH, Dinâmica e AM Eventos; a TV1 atua na área de internet.

Paulo Macedo

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações