Tech and Soul chega ao mercado com campanha para o BTG Pactual Digital

Agência será comandada por Claudio Kalim, Claudio Gora, Flavio Waiteman e Fernando Amino

Comunicação aliada à tecnologia, mas com alma criativa. Esta é a aposta da nova agência Tech and Soul, que chega ao mercado a partir da semana que vem. Os sócios Claudio Kalim (ex-diretor geral da Africa Zero), Flavio Waiteman (ex-diretor nacional de criação da Escala) e Fernando Amino (ex-diretor de atendimento da Escala São Paulo) receberam a reportagem do PROPMARK nesta segunda-feira (17), em São Paulo, para revelar o formato do novo negócio. Os publicitários se uniram a Claudio Gora (fundador da Locaweb) para lançar um modelo de trabalho mais enxuto e orientado de acordo com as necessidades de cada cliente.

A nova empreitada chega com as contas do banco de investimentos BTG Pactual Institucional e BTG Pactual digital, Endeavor, Casa Vaticano e Instituto Sou da Paz. A informação sobre a conquista do BTG Pactual já havia sido adiantada com exclusividade pelo PROPMARK no começo do ano. Nesta segunda (17), entra no ar a nova campanha do BTG Pactual digital já assinada pela Tech and Soul.

 "Nosso trabalho está orientado nas necessidades de cada cliente. Não tem receitinha de bolo, porque o que funciona para um, não necessariamente funciona para todos. Pode ser uma campanha, mas pode ser também o lançamento de produto, ou qualquer outro serviço", explica Kalim.

Divulgação

Segundo o executivo, a ideia é que a agência combine inovação e big data para que as marcas se insiram com mais relevância na jornada do consumidor. "Na verdade, sempre trabalhamos orientados por dados. Nunca fiz uma campanha sem pesquisa, informação. O desafio está em analisar e decodificar tudo isso na velocidade que a internet nos impõe", lembra Kalim.

Com atuação em São Paulo capital e interior, a Tech and Soul pretende atender anunciantes de todos os portes e tem como principal carro-chefe um modelo de trabalho no formato plug and play. Além de equipe fixa, formada por nove executivos sêniores, a empresa plugará empresas com diferentes expertises. A ideia é que elas atendam de forma complementar as necessidades das marcas. 

“O momento que o Brasil passa, em todos os níveis da sociedade, inclusive nos negócios e relacionamentos sociais e comerciais, pede transparência. Uma empresa não precisa saber fazer tudo, como filmar ou criar música, porém, pode fazer curadoria de todas as disciplinas necessárias para uma comunicação vencedora”, explica Waiteman.

O formato customizado também se aplica à remuneração da agência, que funcionará por fee fixo, por job, por resultado ou outras forma que se ajustar ao anunciante, como explica Amino. "O que o anunciante quer de verdade é que a agência abrace de tal forma o projeto, que se torne seu sócio. É o que pretendemos entregar. Se a solução do negócio dele for um novo produto, por que não sermos sócios e termos participação nos resultados?".

A Tech and Soul começa a operar oficialmente no dia 24 de abril, no piso superior do bar Astor. O espaço também já foi sede do escritório da Cia Tradicional de Comércio, detentora de estabelecimentos como Pirajá, Braz Pizzaria, Lanchonete da Cidade, o próprio Astor, entre outros.

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações